Ariadna Arantes mostra visita à museu da bruxaria e recebe ataques
Reprodução Instagram
Ariadna Arantes mostra visita à museu da bruxaria e recebe ataques

No último fim de semana Ariadna Arantes, ex-participante do "BBB" e de "No Limite", visitou o Museu de Magia e Bruxaria, que fica localizado na Vila Mariana, em São Paulo. Durante a visita, a realitier - que é a pessoa trans mais seguida do Brasil - resolveu compartilhar a experiência com seus seguidores. Entretanto, os fãs da modelo não gostaram nada do que viram e começaram a boicotá-la nas redes, seja deixando de seguí-la ou atacando-a nos comentários das postagens.

Em resposa à alta repercussão, Ariadna resolveu se pronunciar. Segundo a mesma, ela chegou a perder 100 mil seguidores por conta da intolerância religiosa praticada pelos seguidores. "Bom dia! Decidi fazer um desabafo do coração. Eu sou uma pessoa muito espiritualizada. Acredito em toda forma de amor, de bondade, respeito e empatia. Há um tempo atrás, perdi 66 mil seguidores em 1 hora por ter falado da minha espiritualidade. De ontem para hoje perdi quase 1000 apenas por mostrar minha experiência no Museu de Magia e Bruxaria. Um museu que fala de vários momentos da história da humanidade", iniciou ela, em postagem no Instagram.

"Passamos pela cultura Nórdica céltica, egípcia, chinesa, grega, japonesa, italiana, americana e africana. Falei de bruxaria até os guerreiros, da fé aos cavaleiros templários. Infelizmente recebi uma chuva de críticas e cristãos dizendo que estavam parando de me seguir e que Deus é apenas um", continuou a modelo.

"Queria agradecer a vocês que me deixam de seguir. Aqui é um espaço de respeito, tolerância, acolhimento e principalmente amor. Eu acredito que a fé, independente da cultura, leve todos a um estado de espírito de evolução. Imagina se eu parasse de seguir a todos que são cristãos somente por serem católicos evangélicos, anglicanos e etc? Seria muito ignorante da minha parte não acham? Agora, parem, se olhem no espelho e vejam o que vocês estão fazendo. É esse amor ao próximo que vocês pregam? Acho que não foi bem isso o que Yeshua ensinou", acrescentou Ariadna.

Você viu?

"Se você acredita em um Jeová, eu te respeito. Se você acredita em Brahma, Alah, Hecate, Deméter, Lakshmir, Gaia, Zeus, eu te respeito. Porque amar ao próximo não é só amar aquele que serve exclusivamente o mesmo Deus da sua mesma igreja, ou religião, e sim a todos. Tá na hora de muita gente aqui por em prática esse amor, que tá na boca de muitos, mas no coração de poucos. Ótimo domingo e que o universo, a mãe natureza, os Deuses abençoem a todos aqueles que carregam uma Luz dentro de si, e ilumine a escuridão desses que acham que só eles herdarão o céu!", concluiu ela.

Em defesa de Ariadna, Claudiney Prieto, responsável pelo museu visitado pela modelo, compartilhou um comunicado nas redes. "Pessoal, a Ari perdeu mais de 1000 seguidores e foi ostensivamente atacada em suas redes socias por causa da gravação que ela fez no Museu de Magia e Bruxaria e que postou em seu Instagram. A Inquisição não acabou, mas apenas mudou de cara. Por favor, manifestem seu apoio à Ariadna seguindo-a em suas redes sociais e acompanhando seu trabalho incrível. Somos um!". 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários