Cineasta criticou prisão de Lula
Reprodução
Cineasta criticou prisão de Lula


Oliver Stone declarou em entrevista no Festival de Cannes, que a prisão do ex-presidente Lula (PT) foi um 'projeto dos Estados Unidos'. O cineasta comentou sobre o processo contra o político.


"A prisão do ex-presidente Lula teve por trás o interesse do governo dos Estados Unidos em desestabilizar líderes latino-americanos de esquerda", disse o cineasta, duas vezes vencedor do Oscar e do Globo de Ouro.

Para Stone, que está preparando um filme sobre Lula, a prisão do petista foi algo "selvagem, uma história suja". "É duro, é uma guerra em curso o que está acontecendo", disse. 

Por fim, o diretor destacou que existe uma tentativa por parte do Ocidente de criminalizar nações governadas por líderes de esquerda ou que se opõem aos interesses dos Estados Unidos. "A mentalidade do Ocidente agora é completamente anti-Rússia, anti-China, anti-Irã, anti-Cuba, anti-Venezuela. Não se pode falar nada de bom sobre eles. Quem mais está nesta lista? O Brasil. No Brasil, Lula foi para a prisão, eles se livraram de Lula. Eles policiam o mundo", declarou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários