Matheus e Kauan
Reprodução/Instagram
Matheus e Kauan


Uma festa clandestina que contou com a apresentação da dupla sertaneja Matheus e Kauan foi encerrada por uma força-tarefa na madrugada deste domingo (11).

O evento foi realizdo em um escritório de advocacia no bairro Jardins, Zona Oeste de São Paulo (SP), para cerca de 500 pessoas. Os ingressos custavam até R$ 1,6 mil. Agentes da Polícia Civil, Polícia Militar, Procon e Vigilância Sanitária Estadual interromperam a festa que descumpria as medidas sanitárias estabelecidas para o combate do coronavírus.


Você viu?

Na madrugada deste domingo, o deputado federal Alexandre Frota postou vídeos da festa e criticou a realização da festa clandestina. "Ninguém de máscara no show do Matheus e Kauan. Eles tocaram em uma Festa Clandestina que foi interditada pela Força Tarefa", disse Frota.

Essa não é a primeira vez que a dupla se apresenta em eventos durante a pandemia. Em maio, Matheus e Kauan fizeram um show em um casamento que também georu aglomeração . A dupla ainda não se manifestou sobre o evento encerrado pela polícia.

Veja vídeo:


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários