Marina Ruy Barbosa discutiu nas redes
Reprodução/Instagram
Marina Ruy Barbosa discutiu nas redes


Marina Ruy Barbosa discutiu com seguidores no Twitter, que a  acusaram de pagar perfis de fofoca do Instagram para que noticiem coisas sobre ela. Tudo começou quando uma seguidora disse: "Todo mundo sabe que Gkay, Virgínia, Luísa Sonza, Rafa K, família Poncio, Marina Ruy Barbosa, Lara Silva, Taina Costa, Flávia Pavanelli pagam alto pra aparecerem nesses instas de fofoca, falar que esses instas são vendidos é facil faltou expor quem paga", disse. 


A atriz, então, respondeu: "Não pira e não envolve meu nome nisso, menina. Eu, hein. Trabalho muito e desde os nove anos. Não preciso pagar ninguém pra falar de mim, meu trabalho fala por mim", disse.

Depois da discussão, Maria publicou no Twitter. "Eu ando zen, mas às vezes enche o saco". 

Entenda a polêmica

Neste domingo (4), o colunista Leo Dias publicou uma matéria afirmando que artistas faziam pagamentos para um grupo de perfis de fofoca no Instagram, gerenciados pela empresa 'Banca Digital'. 

A empresa publica fofocas pagas para aparecer mais na internet e ter mais visualizações nos perfis nas redes sociais. Segundo Leo Dias, algumas das 'notas pagas', que ficariam ocultas para não deixar claro nos posts a venda do espaço, girariam em torno de R$ 20 mil a R$ 50 mil, e que em alguns casos, poderiam chegar a R$ 200 mil. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários