Oli London ou Jimin, influenciador britânico que se diz transracial
Reprodução Instagram
Oli London ou Jimin, influenciador britânico que se diz transracial

Oli London, um influencer de 18 anos, ganhou destaque nas redes sociais, nesta quarta-feira (30), após revelar que se submeteu a 18 cirurgias plásticas para ficar mais parecido com Park Jimin, cantor coreano e integrante do grupo de sucesso BTS. 

Em entrevista ao TMZ, o influenciador revelou que se identifica como pessoa não binária, que mudou seu nome para "Jimin" -- assim como o do cantor -- e que vem recebendo ameças de morte por conta disso. O custo para parecer com Park Jimin, segundo a personalidade, teria sido US$ 150 mil dólares - equivalente a R$ 743 mil, quase R$ 1 milhão. Segundo "Jimin", anteriormente conhecido como London, agora ele pode ser realmente que é. 

"Eu sei que isso é um pouco confuso. Ninguém nunca se transformou em Jimin ou em coreano, mas isso é algo que vocês sabem... Eu realmente tenho lutado com problemas de identidade sobre quem eu sou", comentou o influencer ao tabloide internacional.

Essa mudança no nome, as intervenções cirúrgicas e o fato de o influenciador alegar que "pode ser ele mesmo [sendo coreano]", geraram um grande debate sobre transracialidade na internet. Para London, ou melhor, Jimin. "Ser transexual é o mesmo que ser transracial porque você nasceu no corpo errado".

Em páginas de ativismo negro ou feminino, o caso foi repercutido. Houve quem achasse a história absurda e teve quem zombasse da situação. "Eu me identifico como rica, pena que a minha conta bancária não concorda", ironizou Stéfani em uma página que aborda negritude. "O mundo está doente", Amanda em outra página, desta vez sobre militância focada em pautas femininas. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários