MC Maylon Anderson Leonardo, vocalista do Molejo
Reprodução Instagram
MC Maylon Anderson Leonardo, vocalista do Molejo


Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo , teve pedido de indenização negado pelo TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro). Ele entrou com ação por danos morais após ser acusado de estupro por um jovem


A decisão da juíza Ana Paula Azevedo Gomes, da 7ª Vara Cível Regional de Campo Grande, aconteceu após o cantor pedir para que a ação tramitasse em segredo de justiça, o que foi decretado, mas o próprio fez postagens sobre o assunto. 

"Essa publicidade não apenas caracteriza descumprimento de ordem judicial, mas tem outro efeito: esvazia a própria demanda", avaliou a juíza na decisão. 

Você viu?

"Se o que gera o dano é a exposição, se ele próprio se expõe, comenta inclusive a decisão, a qual é divulgada apesar de proibido, ele se coloca também como agente causador do dano que diz sofrer e dessa forma esvazia o conteúdo da demanda. A dignidade é uma só, se a notícia, quando divulgada pelo autor não traz dano, quando divulgado pelo réu igualmente não pode trazer", escreveu a juíza na decisão.

A sentença indica que "o controle não é do que se fala, mas do dizer em si". A decisão diz que Anderson pode entrar com nova ação caso prove a inocência diante da acusação de estupro. 

Publicações nas redes sociais

Na última quinta-feira (24), o cantor  compartilhou um vídeo agradecendo o trabalho dos advogados. Ele mostrou o trecho de uma liminar que impedia o jovem de citá-lo publicamente. 

A decisão celebrada pelo artista definia multa de R$ 1 mil a cada vez que o jovem citasse Anderson publicamente, seja nas redes sociais ou outros meios. 

O jovem ironizou a liminar na sexta-feira (25) ao compartilhar uma foto em que mostrava uma reportagem comentando a decisão. "Isso é amor não correspondido", disse. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários