Pocah, cantora e ex-participante do BBB
Reprodução Instagram
Pocah, cantora e ex-participante do BBB

A cantora e ex-BBB Pocah é ré num processo de ação trabalhista movido pelo seu ex-DJ Daniel Gripp,conhecido como DJ Malukin. Ele procurou a Justiça após ser demitido pela equipe da artista durante a pandemia, depois nove anos de serviços prestados.

A ação corre na 9ª Vara do Trabalho do Rio, e a defesa de Daniel alega vínculo empregatício e exige o pagamento de R$ 262 mil, referentes a diretos trabalhistas, como férias, 13º salário, entre ouros. “Sempre fui o DJ fixo, desde 2012, quando ela iniciou a carreira. Pocah me mandou embora sem nenhuma justificativa. Me tirou dos grupos de WhatsApp e botou outro DJ no meu lugar”, justifica Daniel, que recebia cachê por show.

Segundo o DJ, seu desligamento da equipe de Pocah aconteceu um pouco antes de a cantora entrar no “BBB 21” e de mudar de escritório. “Nem me ligaram nem nada. Simplesmente botaram outro DJ no meu lugar sem me dar nenhuma satisfação. Cheguei a procurar a Pocah, mas ela não me responde. Passei anos viajando com ela para shows. Deixei de ver meu filho nascer porque estava na estrada, e agora chega no final e a pessoa nem vir falar comigo...”, reclama.

Sem trabalho fixo, o profissional conta que tem sustentado a mulher e o filho de 8 anos como motorista de aplicativo. Procurada, a assessoria de imprensa de Pocah informou que a cantora ainda não foi notificada da ação e que, por isso, não iria se manifestar.

Pocah e DJ Malukin
Reprodução Instagram
Pocah e DJ Malukin


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários