Dado Dolabella
Reprodução Instagram
Dado Dolabella

Após João Gordo reviver a briga com Dado Dolabella em seu programa na MTV , em 2003, o ator resolveu contar seu lado da história em entrevista ao canal BarbaCast, transmitido no YouTube. Para Dado, a briga foi uma vingança, pois João teria feito Wanessa, sua namorada à época, chorar. 

"Não sei de onde ele (João Gordo) tirou essa ideia de que eu fui para zoar. Eu não fui para zoar. Fui para ele provar do próprio veneno mesmo, para ele experimentar o que ele fazia com os outros", iniciou Dado Dolabella

O ator explicou que pouco antes de ir ao programa,  Wanessa Camargo havia participado e saído chorando das gravações. "O Gordo zoava geral. O programa dele era chamar as pessoas para o programa e ficar esculachando com a cara da pessoa. Ele fez isso uma vez com a Wanessa, ela saiu aos prantos do programa dele. Ela me ligou e não conseguia nem falar. Estava soluçando de chorar", continuou o ator .

"Quando eu vi o programa camarada 'escrotando' minha mina, eu achei maior covardia. E eu falei para ela: 'Relaxa que um dia esse cara vai me chamar para ir lá e ele vai ter o que ele merece. Ele acha que é louco, então ele vai encontrar alguém louco também no meio do caminho'", acrescentou.

João Gordo e Dado Dolabella brigaram  durante o programa após o apresentador trocar o nome do álbum do artista de "Dado Para Você", por "Dando Para Você". Irritado, Dolabella apresentou um porrete, um machado e uma corrente de ferro a João. Uma troca de farpas iniciou e foi crescendo até Dado acusar João de "trair o movimento punk". Com isso, eles quase chegaram a se agredir fisicamente.

Você viu?

Ainda em entrevista ao BarbaCast, Dado provocou João Gordo. "Fiquei sabendo que você é vegano. A filosofia do veganismo que eu aprendi é a não violência. Parece que você ainda está cheio de agressividade aí dentro. Isso não faz bem, não".

O lado de João Gordo

Em participação no "Flow Podcast", o  ex-apresentador da MTV disse que Dado Dolabella já foi com vontade de brigar. ""Na época, eu sabia mais ou menos quem ele era. Conhecia mais os pais dele, o Carlos Eduardo Dolabella e a Pepita Rodrigues. O cara foi numa de zoar, uma zoeira de playboy, não era para ter treta. Já começou esquisito quando ele dispensou o carro da TV e foi de táxi para a entrevista", começou João.

"Só que antes o Dado passou numa loja de ferragens e comprou uma corrente e um machado. Durante a entrevista, eu queria conversar na boa, mas ele logo disse que eu estava traindo o movimento punk e botou na mesa o que ele tinha comprado. O clima começou a ficar esquisito e eu bati na mesa. Foi quando ele resolveu quebrá-la com o machado", relembrou. 

João Gordo ainda afirmou que não agrediu Dado, pois sabia que os fãs e a imprensa não ficariam do seu lado. "Ficou aquele embate e eu sabia que estaria ferrado se encostasse a mão nele. Era o Shrek versus o príncipe. Acabou que fiquei de vilão da parada porque só foram mostrar as imagens na íntegra quatro anos depois. O curioso é que, após tudo isso, quiseram contratar a gente para uma campanha de calmante. Eu pedi um milhão e o Dado pediu a mesma quantia, aí acabou não rolando", concluiu ele, entre risos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários