Gusttavo Lima e Ludmilla
Reprodução Instagram
Gusttavo Lima e Ludmilla

Ludmilla, Gusttavo Lima e outros cantores  se apresentaram no Copacabana Palace, na zona Sul do Rio, na sexta-feira (14). A festa de luxo em meio à pandemia gerou repercussão nas redes, incluindo críticas aos artistas. Em resposta ao apelo popular , a Prefeitura do Rio decidiu que vai multar o hotel pela realização do evento para 500 pessoas.

Em nota, a Secretaria de Ordem Pública (Seop) informou que o estabelecimento será autuado em R$ 15.466,81 por infração considerada "gravíssima", e ainda será interditado para realização de festas por 10 dias, a contar deste sábado (15). "Foi constatada aglomeração generalizada em frente a apresentação musical, caracterizando pista de dança. Os convidados não usavam máscara facial e não respeitavam o distanciamento mínimo de 1,5 m entre os participantes. Na entrada do estabelecimento, as imagens também evidenciaram aglomeração em fila de espera e acesso desordenado ao local”, afirma a Seop, em nota enviada ao G1.

Procurado, a Seop e a Vigilância Sanitária relataram que foram ao local na sexta à noite, mas não encontraram irregularidade. Cenário este que mudou no sábado (15), quando evidências em vídeo surgiram nas redes. Ao todo, a festa contou com a participação de Gusttavo Lima, Mumuzinho, Ludmilla, Alexandre Pires e Dudu Nobre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários