Karol Conká no
Reprodução/TV Globo
Karol Conká no "É de Casa"

Karol Conká participou do "É de Casa" na manhã deste sábado(8). A rapper respondeu algumas perguntas que foram feitas público e contou que chegou a pensar em suicídio após ser eliminada do "BBB 21". A cantora saiu do reality com record de rejeição, sofreu com o cancelamento nas redes sociais e teve toda essa experiência registrada no documentário "A Vida Depois do Tombo".

Uma das perguntas que Karol recebeu foi se ela conseguiu dormir tranquilamente após ver o que fez no programa. A rapper disse que só está conseguindo dormir melhor agora, após começar a fazer terapia. "Fiquei muito tempo decepcionada, triste comigo mesma e querendo até parar de viver", conta.

A cantora também foi questionada se as lágrimas dela são verdadeiras. Karol disse que fica muito triste sempre que lhe perguntam isso, pois as pessoas querem que ela reconheça que errou, mas duvidam dela quando faz isso. "Estou fazendo esse papel de coração. O meu choro é verdadeiro. Eu passei muitos anos escondendo o choro, mas a verdade é que eu chorava escondida. No documentário, eu estou aos fragalhos, mas é que tinha muita vergonha e muita culpa", diz.

"Eu estou arrependida e não tem mais o que eu possa fazer. Não vou me humilhar. Não seria certo eu deitar no chão para as pessoas pisarem em mim. As pessoas estão passando dos limites do que eu fiz na casa. Não foram suficientes a eliminação e todos os ataques que eu sofri?", continua.

Karol também falou que toparia entrar em uma nova edição do "BBB 21". "Eu não me arrependo de ter entrado no 'BBB'. Eu me arrependo de não ter cuidado de mim antes de entrar no reality. Entraria novamente, mas sem as feridas que acabaram me transformando em uma vilã lá dentro, por causa da pressão e por causa da falta de cuidado comigo mesma", diz. A rapper ainda fala que o que mais a machuca não são as ofensas que recebe, mas a decepção consigo mesma. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários