Danilo Gentili
Reprodução/Instagram/@danilogentili
Danilo Gentili

Danilo Gentili, apresentador do "The Noite" , alfinetou o atual governo e suas prioridades nesta quarta-feira (21). Em sua conta do Twitter, o humorista compartilhou uma notícia sobre si e apontou. "Pessoas morrendo em todo País - por incompetência de gestão e corrupção - e a prioridade da câmara é prender um humorista".

Na notícia em questão, a informação em destaque é que os advogados da Câmara pediram ao ministro Alexandre de Moraes que a investigação contra Danilo Gentili permanecesse sob jurisdição do Supremo Tribunal Federal.

Na última semana, Augusto Aras, procurador-geral da República, também reforçou pedido para incluir Gentili no mesmo inquérito por "hostilizar a Presidência da República" por meio das redes. 

Entenda o caso

Todos os tuítes que colocaram Danilo Gentili  nesta saia justa são, em suma, críticas a Jair Bolsonaro (sem partido). Em ambos, a Câmara acredita que o apresentador do SBT incitou a violência. 

Você viu?

Em um dos tuítes, Gentili fez referência a uma fala de Bolsonaro. "Quem diz que só sai da cadeira de presidente morto é ditador. E ditador a gente sabe o que merece”, postou ele em abril de 2021.

Em janeiro do mesmo ano, ele publicou que "só acreditaria que esse País tem jeito se a população entrasse agora na câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar".



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários