Claudia Rodrigues se pronuncia em novo vídeo no Instagram
Instagram/Reprodução
Claudia Rodrigues se pronuncia em novo vídeo no Instagram

Cláudia Rodrigues, de 50 anos, segue na luta contra a esclerose múltipla e na última terça-feira (6) foi hospitalizada em Curitiba após sentir fortes dores no corpo e no braço. A atriz foi diagnosticada com fissura no ombro e inflamação severa nos ligamentos devido a uma nova lesão na coluna. A informação é de Adriane Bonato, empresária da artista, que atualizou seu quadro de saúde nesta quarta-feira (7) no Instagram.

"Oi, gente! Boa tarde! Vim aqui trazer notícias da Claudinha para vocês. Ontem foram feitos todos os exames e infelizmente ela está com uma fissura no ombro e uma inflamação severa nos ligamentos, nos tendões. Isso devido a uma nova lesão na coluna, na C5, que está comprimindo o nervo e com isso irradia a dor toda no corpo e no braço. Agora ela vai ter que passar por um tratamento, medicações. Ontem ela já tomou uma injeção de corticoide que diminuiu muito a dor e mais quatro remédios por dia agora, além dos seis que ela já toma e daqui a 10 dias ela retorna para fazer os exames e ver se foi solucionado o problema. Caso não, aí vamos ver a questão de cirurgia. Mas é muito cedo ainda para falar nisso, então peço a oração de vocês para que a nossa Fênix consiga se livrar desse pepino mais uma vez. Cuidem-se, máscara, álcool gel e fiquem em casa. Deus abençoe todos nós. Uma boa tarde!", disse Adriane no vídeo.

Na legenda do vídeo, ela escreveu: "Claudia Rodrigues foi hospitalizada ontem em Curitiba, com febre, muita dor no corpo e no braço. Ela está bem agora, mas apareceu uma lesão na coluna próxima a C5 que está comprimindo a coluna e o nervo, irradiando dor para o corpo e para o braço. Em decorrência disso, está com inflamação severa nos ligamentos e tendões do ombro e uma pequena fissura no osso. Ela tomou uma injeção de corticoide e vai tomar mais quatro remédios por dia, além dos outros seis que ela toma para a esclerose. Mas os médicos acreditam que isso irá resolver. E, se não resolver, aí terá que fazer cirurgia. Agora é repouso, remédios e fisioterapia. É tratamento intensivo para depois retornar às atividades novamente! Deus no comando! Continuem orando!".



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários