Ator revela trauma em entrevista
Reprodução
Ator revela trauma em entrevista

O ator Silvero Pereira, conhecido por interpretar Nonato em "A Força do Querer", que está sendo reprisada na Globo atualmente e também por ter participado do filme premiado "Bacurau" como o personagem Lunga, revelou detalhes sobre a sua vida em entrevista ao programa #Provoca, da TV Cultura, que vai ao ar na próxima terça-feira (16).

Na conversa, Silvero revelou ter sofrido abuso sexual ainda na infância. "Aos sete anos de idade, eu fui estuprado. Eu fui levado para um matagal por uma pessoa muito mais de idade do que eu e ela fez coisas comigo que eu só fui entender seis ou sete anos depois", disse.

"Além disso, teve a violência verbal de dizer: 'Você é mulherzinha, a cidade vai saber se você falar sobre isso, se você contar que fui eu, eu vou te espancar'. Então, o que mais ficou em mim foi o medo. Eu não falei pra ninguém por muito tempo pelo medo", continuou ele.

O artista, que é homossexual e ativista pelos direitos LGBTQIA+, também desabafou sobre a pressão de se encaixar em um estereótipo de masculinidade.

"Durante a minha infância, eu tive uma questão muito séria: eu nunca entendi sobre o que era ser homem. Na minha cidade, que era bem pequena, tinha uma mentalidade muito difícil, um coronelismo, um machismo muito forte ali naquela", explicou.

"Tudo que diziam, 'você tem que ser homem', 'você tem que se comportar como homem', 'você tem que se vestir como homem, falar como homem', sempre bateu em mim de uma maneira muito estranha", finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários