Felipe Neto processa a pesquisadora por danos morais
Reprodução/Instagram
Felipe Neto processa a pesquisadora por danos morais


Felipe Neto entrou com processo contra a farmacóloga Maria Carla Petrellis, que trabalha no Instituto Butantan, por danos morais. No Twitter, a pesquisadora chamou Felipe de "macaco", "pedófilo" e "criminoso". 

O processo aguarda autuação na 6ª Vara Cível do TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro). Em resposta ao UOL, a assessoria de Felipe definiu os tuítes da pesquisadora como "assombrosas ofensas e calúnias". 

"É inaceitável a propagação deste tipo de conteúdo, sobretudo nos dias de hoje. A internet não é terra sem lei e há de se ter compromisso e responsabilidade com aquilo que se fala", diz a nota.

Este não é o único processo contra Petrellis. Ela também responde a um segundo processo por danos morais, este levantado pelo cantor Caetano Veloso, que o caracterizou como "macaco pedófilo" na rede social. 

A ação judicial de Caetano ainda inclui a acusação de injúria racial. Petrellis apagou o perfil no Twitter após as postagens ofensivas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários