Duda Reis acusa Nego do Borel de agressão, estupro e transmissão de HPV
Instagram/Reprodução
Duda Reis acusa Nego do Borel de agressão, estupro e transmissão de HPV

Duda Reis contou que foi à delegacia denunciar Nego do Borel nesta quinta-feira (14). A influencer esteve na 1ª DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), em São Paulo, e acusou o funkeiro de ameaça, injúria, lesão corporal, violência doméstica, estupro de vulnerável e transmissão de HPV, infecção sexualmente transmissível.

Segundo reportagem do UOL, o boletim de ocorrência detalha diferentes violências que Duda Reis teria sofrido ao longo do relacionamento. A influencer diz que Nego do Borel apertou os braços dela durante o Carnaval de 2018, resultando em lesões. No mesmo ano o funkeiro também teria dado um empurrão na atriz e humilhado ela durante um evento.

Em agosto do mesmo ano, Duda acompanhou Nego do Borel durante uma turnê por Portugal. Ela alega que o cantor a pressionou a tomar remédios para ansiedade e ela acabou ficando dopada o tempo todo. A influencer diz que o artista voltava de shows e festas e mantinha relações sexuais com ela sem o consentimento, mesmo com pedidos para parar.

Duda Reis diz que em outubro de 2019 foi vítima de violências na casa do ex-namorado. "Em uma crise de ciúme, o autor a agrediu com pontapés na perna e arrebentou a 'cabeçadas' a porta do local. Eram corriqueiros os danos a objetos da residência durante as crises de ciúme, e o mesmo dizia que quebraria os objetos para não ter que 'quebrar a vítima' [sic]. Eram comuns ameaças de morte à vítima e que o mesmo dizia que bateria o veículo e se mataria. Que acelerava o veículo em direção a postes e desviava, deixando a vítima em pânico", diz o boletim de ocorrência. No mês seguinte a esse episódio, Nego do Borel teria tido uma nova crise de ciúmes e ameaçou matar a influencer com uma faca. 

Além das violências e ameaças, Duda reis também diz que foi traída diversas vezes e contraiu HPV por meio de relações sexuais com o funkeiro. "Vítima foi traída diversas vezes pelo autor sem que soubesse, e que contraiu HPV do autor. Duda só teve um parceiro sexual antes do agressor. Ele manteve relação sexual com outras mulheres", diz a denúncia.

Duda Reis ainda falou que encontrou um fuzil e R$ 2 milhões em espécie em um cofre na casa do funkeiro. Ela entrou com o pedido de uma medida protetiva contra Nego do Borel, baseando-se na Lei Maria da Penha. Caso o pedido seja acatado, o cantor não poderá se aproximar ou entrar em contato com a influencer.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários