Luís Ernesto Lacombe, que está prestes a estrear um programa na RedeTV! , falou sobre o posicionamento político dele. O jornalista, que deixou a Band após um programa polêmico sobre conservadorismo , disse que tem ideias convergentes as do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), mas reforça que não defende nenhum partido. 

Luís Ernesto Lacombe
Reprodução/Instagram
Luís Ernesto Lacombe fala sobre suas opiniões políticas

"Não gosto de ser chamado de bolsonarista porque não sou militante. Não tenho políticos de estimação, não sou partidário. Se não tiver senso crítico, se não for desconfiado, um jornalista deixa de existir", disse Lacombe em entrevista a Folha de S. Paulo. 

O apresentador, que já falou mal da Globo publicamente , também disse que não é militante, mas um jornalista posicionado. Por mais que já tenha criticado parte da mídia por se posicionar , ele diz que não milita porque não perde o senso crítico, mas dá opiniões baseadas em fatos e referências reais. 

"Não abro mão de defender menos Estado, livre mercado e um país com princípios morais, que respeite os valores em que construímos a nossa sociedade. É só olhar o que deu certo no mundo para definir o caminho para o desenvolvimento. É preciso apostar na manutenção do que funciona e na mudança gradual daquilo que pode melhorar", conclui Lacombe.

    Veja Também

      Mostrar mais