Daniel Ávila ficou conhecido ainda na infância, aos 9 anos, quando participou do sucesso “A Viagem”, exibida na Globo em 1994. Na trama, o ex-ator mirim interpretou Dudu, filho de Otávio Jordão, personagem de Antonio Fagundes. Atualmente, o artista está com 35 anos e trabalha na rua. O seu maior medo é não conseguir mais sustentar essa vida puxada e pouco rentável financeiramente.

Daniel Ávila
Reprodução/Globo/Instagram
Daniel Ávila foi do elenco de "A Viagem"

A novela “A Viagem” será reprisada no canal Viva em dezembro e o ator está animado em poder rever seu trabalho. “O Dudu é unânime, uma figura e muito espontâneo. Sempre me reconhecem na rua, fico impressionado. Estou bem animado com a reprise. Está sendo bem importante no período de quarentena que não podemos fazer arte, ter essas coisas guardadas e poder mostrar trabalhos interessantes para o público”, falou o ator ao Gshow.

O ator ficou está longe da televisão, mas nunca se afastou da arte, mesmo sentido na pele as dificuldades da profissão. “Sou artista há muitos anos e é um desafio absurdo ser ator nesse país, absoluto, consome nossa vida inteira. Desejo que eu possa fazer minha arte com mais facilidade, sem tanto cansaço. Às vezes fico com medo de não ter energia para fazer o que eu faço, encarar o front de batalha na rua, essa vida sem grana, essas perdas”, disse.

Os desafios movem o artista, que quer continuar exercendo seu ofício. “Trabalho na rua com arte pública, no front mesmo. Faço dublagem e amo, estou longe do lugar glamour, mas sim no ator, forte de batalha, frente de discurso. Acho maravilhoso esse lugar que escolhi. Saber o que eu sei, não largo jamais! Posso não estar com muitas coisas do lado de fora, mas nessa vida, fui atrás do que tenho dentro. Sou ator formado, vivido, evoluído, experimentado, está tudo dentro de mim e estou muito satisfeito, não mudaria nada”, declarou.

    Veja Também

      Mostrar mais