O cantor Kanye West deixou fãs preocupados na madrugada desta terça-feira (21) após desabafar no Twitter. O rapper americano, que  lançou a pré-candidatura à presidência dos Estados Unidos, declarou que a esposa, Kim Kardashian, e a sogra, Kris Jenner, queriam interná-lo à força e comparou sua história a do filme “Corra!”, que fala sobre um rapaz negro que é raptado. Pouco tempo depois, ele apagou boa parte das publicações.  

Kim Kardashian e Kanye West
Divulgação
Kim Kardashian e Kanye West


“Kim estava tentando viajar para Wyoming com um médico para me internar como no filme 'Corra!', só porque eu chorei para salvar a vida as minhas filhas ontem”, escreveu Kanye West referindo-se ao discurso que fez no último domingo (19), no qual chorou e chegou a revelar que cogitou sugerir o aborto da primeira filha, North West.

Em outra postagem, o rapper declarou: “Todo mundo sabe que 'Corra!' é sobre mim. Se eu ficar preso que nem o [ex-presidente africano Nelson] Mandela, vocês todos vão entender o porquê”.

Kanye West também mandou um recado para sogra: “Kris, não brinca comigo. Você e aquele Calmye [forma como o cantor chama Corey Gamble, namorado da sogra] não são permitidos perto das minhas crianças. Vocês todos tentaram me prender”. Após um tempo, ele apagou os tweets e tentou mudar de assunto falando do seu novo álbum: “Vamos focar em música agora. DONDA [título] será lançado nesta sexta”.

O desabafo do rapper aconteceu pouco tempo depois da família dizer ao site 'TMZ' que estava preocupada com Kanye West, que sofre de bipolaridade e costuma ter ao menos uma crise ao ano.

    Veja Também

      Mostrar mais