A atriz Carolinie Figueiredo está afastada das telinhas há 6 anos. Depois do sucesso como a Domingas de "Malhação", ela chegou a anunciar o fim de sua carreira. Agora, aos 31 anos, mãe de dois filhos e trabalhando como terapeuta, Carolinie deu entrevista à coluna de Patricia Kogut falando sobre sua decisão. 

Carolinie Figueiredo
Divulgação
Carolinie Figueiredo atuou em "Malhação"











"Comecei a questionar a minha carreira de atriz após o nascimento do meu segundo filho, Theo, de 8 anos", explica à jornalista Thayná Rodrigues do Globo.

Carolinie, que viveu o papel de Domingas, uma garota que lutava com a balança na "Malhação", explica que sua insatisfação com a TV: "O corte da televisão sempre foi em cima do meu corpo, de uma maneira que me trazia desvalorização e dor. Eu não me sentia potente. Dar esse basta como atriz foi dar um basta na opressão desse corpo. Desde pequena sempre ouvi que era talentosa mas precisava emagrecer. Depois, quando comecei o processo de empoderamento do meu corpo e da minha voz, percebi que estes papéis não estavam fazendo sentido. A meu ver, a televisão não desconstruiu essa estética feminina do corpo e da beleza perfeitos."

Carolinie explica à coluna do Globo que, apesar da passagem de tempo, ainda não consegue assistir à temporada de "Malhação" da qual participou: "Ainda não consigo ver porque reconheço que hoje em dia seria impossível falar da maneira que a gente falava do corpo de uma menina da maneira que se falava da Domingas. E digo isso sem culpar ninguém porque éramos todos vítimas deste sistema que achava que a graça estava em chamar uma mulher de gorda, de gordinha ou de balofa". 



Carolinie conta que há anos não tem televisão em casa e explica: "Foi pela televisão que acessei minhas dores pessoais. Meu currículo como atriz tem mais nãos do que respostas positivas. Mas as negativas me fizeram entrar nessa caminhada espiritual, na busca pelo autoconhecimento".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários