Desde que se casou e deu à luz dois filhos, Wanessa Camargo está passando por um processo de autoconhecimento . Ela contou em entrevista à Quem, que está buscando quem ela realmente é e o que quer da vida. Para isso ela conta que está mais reclusa e até foge algumas vezes dos holofotes. A cantora analisa que  essa postura é bem diferente da que ela tinha no começo da carreira, quando buscava sempre a fama. 

Wanessa Camargo
Reprodução/Instagram
Wanessa Camargo conta que era viciada em exposição


"Quando comecei, fiquei muito exposta e me expunha muito. Aí comecei a gostar daquela exposição. Se eu tivesse na capa de revista, estaria num lugar de amor (pensava assim)", começou contando Wanessa . " Mas me machuquei muito com essa exposição e depois me fechei completamente . Fiquei no 8 ou 80. Comecei a ficar muito quieta e introspectiva, parei de ir aos lugares, me tornei muito politicamente correta nas redes, cautelosa nas entrevistas. Acho que tudo é um meio termo", revelou.

A filha de Zezé Di Camargo contou que a vaidade do meio artístico a influenciava muito. Hoje em dia ela tenta fugir disso, deixando de gravar músicas apenas porque elas podem fazer sucesso, por exemplo. "Não sou a raiva, a ambição, o sucesso, não preciso buscar isso. Preciso buscar o amor incondicional. Trabalho num lugar que tem muita vaidade, de querer o aplauso. É muito difícil quando vou trabalhar e não vir a vaidade junto", analisa.

Em todo esse processo de reflexão, Wanessa conta que está se descobrindo. Ela revelou que descobriu uma paixão por filosofia e psicologia e diz que gostaria de exercer essas profissões. "Eu penso: ' será que eu canto porque quis agradar os meus pais ou porque eu amo cantar?' E é porque eu amo cantar. Mas não preciso ser só cantora . Outro dia estava construindo casa no computador. A gente não é uma coisa só na vida", disse a artista. 

    Veja Também

      Mostrar mais