Durante uma conversa com o jornalista Bruno Astuto em uma live na última segunda-feira (11), Bruna Marquezine falou sobre algumas dificuldades que enfrentou no passado. A atriz revelou que sofreu com depressão e distúrbios alimentares e de imagem quando ainda era adolescente.

Leia também: Bruna Marquezine fala de pausa em novelas e possível retorno à Globo

Bruna Marquezine
Reprodução/Instagram
Bruna Marquezine


Leia também: Bruna Marquezine diz que é "fake" conversa com Flay em que debocha de Neymar

Com apenas 17 anos, Marquezine já enfrentava essas doenças. Ela contou que por ter crescido em frente às câmeras, tendo estreado nas novelas aos sete anos, a exposição acabou agravando esse quadro.

"Crescer exposta faz com que você comece a condicionar o seu olhar. Todos os julgamentos tinham um peso muito grande. Isso era uma das causas da minha depressão , que também tinha outras causas internas", conta a global.

Além da depressão, Bruna também teve que lidar com distúrbios alimentares . "Toda mulher se sente pressionada pela sociedade para estar em um padrão, ser assim, assado, e nunca está bom. Eu sofria muito com isso. Sempre me cobrei muito. Foi um momento difícil e delicado", revela.

Leia também: Danilo Gentili critica corpo de Marquezine: "Trocou um craque pelo outro"

Para conseguir se recuperar dessas doenças, a atriz conta que se apoiou na fé e na terapia . Ela reforça que a psicologia a ajudou muito nesse processo e lamenta não ter buscado ajuda profissional antes. "Eu falo que infelizmente recorri à terapia só quando a situação já estava feia. Mas, felizmente, eu recorri a ela".

Em fevereiro de 2020, a aparência de Bruna Marquezine foi alvo de piada de Danilo Gentili no Twitter, que insinuou que ela estaria usando craque por conta da sua magreza. Na época, o humorista foi criticado fortemente pelos internautas por causa da piada de mau gosto.


    Veja Também

      Mostrar mais