Após o Twitter apagar pela primeira vez publicações do presidente Jair Bolsonaro , o jornalista Chico Pinheiro deicidiu comentar o ocorrido. O âncora da Globo comemorou a ação tomada pela rede social e falou sobre próximos passos que na visão dele devem ser tomados. 

Leia também: Twitter exclui duas postagens de Bolsonaro por violação de regras

Chico Pinheiro arrow-options
Reprodução Twitter
Chico Pinheiro

Leia também: Chico Pinheiro lamenta escolha política de Bolsonaro

Bolsonaro publicou vídeos indo contra recomendações do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, nos quais ele passeava por ruas em Brasília e sugeria o isolamento vertical. Os posts foram apagados pelo Twitter por irem contra informações de saúde pública e, sobre isso, Chico Pinheiro escreveu: 

"Agora falta o Twitter começar a bloquear os robôs bolsonaristas, os fanáticos da seita e os adeptos do grande escritório do crime".

Leia também: Chico Pinheiro é chamado de "comunista" após criticar ação da PM


Nos vídeos publicados, Bolsonaro visitava estabelecimentos comerciais no Distrito Federal. O presidente sugeriu o isolamento vertical,no qual pessoas fora do grupo de risco da Covid-19 devem seguir trabalhando normalmente para a retomada da economia. Bolsonaro ainda falava sobre o uso da hidroxicloroquina, medicamento que pode ter efeitos no tratamento da doença causada pelo novo coronavírus, e criticava a imprensa.

    Veja Também

      Mostrar mais