O caso judicial do testamento de Gugu Liberato teve mais um desdobramento. A Justiça negou os pedidos de Rose Miriam, mãe dos filhos do apresentador, sobre a herança. A médica queria ser considerada como uma das herdeiras e ser a tutora dos bens da filhas menores de idade, Marina e Sofia. 

Leia também: Advogados de viúva de Gugu rebatem nota da família: "Agressões covardes"

rose miriam arrow-options
Reprodução/Instagram
Pedidos de Rose Miriam sobre testamento de Gugu Liberato são negados pela Justiça


Leia também: Filhos de Gugu Liberato passeiam com amigo do apresentador

O desembargador Galdino Toledo, da 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, negou as reivindicações de Rose Miriam . Toledo não permitiu o bloqueio ao inventário deixado por Gugu e decidiu que o testamento do apresentador deveria ser respeitado. 

Leia também: Otaviano Costa fala sobre possibilidade de substituir Gugu no "Power Couple"

Os advogados de Rose Miriam enviaram uma nota comentando a recente decisão da Justiça e ressaltando que outros três desembargadores julgarão o pedido: "O desembargador analisou de forma perfunctória o recurso e asseverou, em sede de liminar, que a questão depende de mais ampla análise perante o juízo onde tramita o pedido de reconhecimento de união estável. Indeferiu, ao menos por ora, a reserva dos bens. O recurso ainda será julgado em seu mérito por três desembargadores que compõem a 9ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo".

A nota diz ainda que Rose Miriam confia na Justiça.



    Veja Também

      Mostrar mais