Tamanho do texto

Em entrevista, apesar de não citar nomes, cantor pediu desculpas a Victória Villarim e disse ameaçar não é um costume de integrantes de sua família

Na última terça-feira (07), Eduardo Costa admitiu que o irmão, Weliton Costa, fez uma ameaça contra sua ex-noiva. Todavia, em entrevista ao Leo Dias, o sertanejo alegou que "não sabia" que o irmão tinha mandado o áudio. 

Leia também: Eduardo Costa revela traição e desabafa: "Não perdoo e sigo em paz"

Eduardo Costa arrow-options
Reprodução/Instagram/@eduardocosta
Eduardo Costa

"Eu descobri que ele mandou, sim", iniciou Eduardo Costa , que emendou: "Ele já se arrependeu de ter mandado [o áudio]. Foi num momento de raiva, de fúria, num momento de nervosismo em que ele perdeu o controle, porque meu irmão me tem como pai, já que eu cuidei dele desde bebê. Eu sempre criei ele (sic), tanto que ele me toma a benção como pai".

Leia também: Eduardo Costa ameaça antigo amigo que se envolveu com a sua ex

Ainda em papo, o sertanejo , mesmo sem citar nomes, pede desculpas pela atitude do irmão. "Eu, desde já, peço desculpas para os ofendidos. Não é uma índole da minha família [fazer ameaça ]. Não faz parte da índole do meu irmão fazer esse tipo de coisa, nem da minha".

Weliton Costa posa com armas no Instagram arrow-options
Reprodução/Instagram
Weliton Costa posa com armas no Instagram

Leia também: Irmão de Eduardo Costa posta foto com arma e é acusado de ameaçar ex do cantor

O imbróglio envolvendo Eduardo Costa , Victória Villarim e Clayton Lemos começou em outubro de 2019, depois que o cantor descobriu que a ex estava se relacionando afetivamente com Clayton, até então, seu amigo e afilhado musical. Em defesa do irmão, Weliton Costa fez uma postagem nas redes ameaçando matar Victória e "todas as pessoas que estiverem ao lado dela". Antes da ex-noiva, Weliton ameaçou Clayton.