Tamanho do texto

Em entrevista, modelo e apresentadora revelou a compulsão, falou como foi conviver com ela na adolescência e, principalmente, como superou a mesma

Na última terça-feira (10), Nubia Oliiver foi a convidada do "Morning Show", da rádio Jovem Pan . Durante a entrevista, a modelo e apresentadora abriu sua intimidade para revelar um segredo para lá de picante de sua adolescência: o vício em sexo.

Leia também: Nubia Oliiver curte clima com bailarina e não esconde "atração sexual"

Núbia Oliiver arrow-options
Divulgação
Núbia Oliiver

Conhecida por não ter pudores ou filtro, Nubia Oliiver declarou que na adolescência teve dificuldades para entender sua relação com o sexo e que, inclusive, chegou a cogitar que era ningomaníaca - no caso, pessoa viciada em coito. “Sofri muito. Acho que qualquer vício que você tenha que te prejudique, você acaba sofrendo. Isso causa polêmica até hoje. Não foi legal, eu precisei fazer tratamento”.

Leia também: Nubia Oliiver surge totalmente nua e provoca web: "Gostosa ou sexy?"

“Para uma adolescente que estava descobrindo um monte de outras coisas para ver, estudar, passear, eu só pensava e tinha que fazer sexo. E isso não era legal porque era uma parte compulsiva”, continuou a modelo e apresentadora. 

Leia também: Bissexual, Nubia Oliiver vê sexo a três como paraíso erótico

“Sexo tem que ter um prazer satisfatório. Mas naquele momento esse prazer não existia. Eu acabava de ter a relação sexual com uma pessoa e já queria outra pessoa porque o prazer não tinha acontecido”, finalizou Nubia Oliiver .