Tamanho do texto

Jornalista lembrou dos motivos que levaram sua demissão da emissora e as mágoas que guarda depois de ter sido reintegrada a equipe da Globo

Durante uma entrevista ao programa Pânico, a ex-Globo Izabella Camargo desabafou sobre as circunstâncias da sua demissão em 2018 e disse ter ficado surpresa com a decisão a emissora na época.

Leia também: Integrante do "Se Joga" gera polêmica nos bastidores da Globo; saiba o motivo

Izabella Camargo arrow-options
Reprodução/Internet
Izabella Camargo


“Foi a coisa mais violenta que aconteceu na minha vida. Foi pior do que um assalto a mão armada . Imagine que você tem moral e acabou de receber elogios. Você pensa que está batendo um bolão. Aí acontece uma situação e te falam que você não serve mais. Você se sente injustiçado ou não?”, desabafou a Izabella Camargo que depois chegou a ser recebida apenas na calçada da Globo .

Leia também: Globo de Ouro 2020: conheça os indicados à 77ª edição da premiação

A jornalista decidiu entrar na Justiça contra a emissora e foi reintegrada à equipe de jornalismo, mas preferiu fazer um acordo milionário com a emissora para seguir com seus projetos pessoais. Mas comunicadora ainda guarda mágoas. "Uma pessoa disse que, no jornal dela, eu não voltaria a trabalhar. E isso foi logo quando fui reintegrada. É um absurdo, chocante."

Leia também: Jornalista da Globo manda indireta e web aponta briga com ministra

Izabella Camargo disse ter rompido um sistema na Globo . "Coloquei um dedo na ferida, rompi um sistema. Quando eu trabalhava na TV, as pessoas me paravam para tirar uma foto. Hoje, param para me agradecer por ter rompido o sistema, colocado o dedo na ferida de uma situação que está todo mundo jogando para debaixo do tapete", completou.