Tamanho do texto

Jornalista comentou postagem do juiz da Lava Jato, Marcelo Bretas, e dividiu opiniões na internet; Pauta foi reaquecida pelo presidente da república

Neste domingo (07) a jornalista e Youtuber Leda Nagle levantou uma discussão sobre o trabalho infantiu nas redes sociais ao comentar uma postagem do juiz da Lava Jato no Rio, Marcelo Bretas, que declarou que começou a trabalhar aos 12 anos de idade.

Leia também: Danilo Gentili diz que "nem Hitler foi acusado de tanta coisa"

Leda Nagle
Reprodução YouTube
Leda Nagle

"Eu comecei a trabalhar aos 10 anos no Armazém Mineiro, nosso armazém meu, do meu pai da minha mãe. Nós três trabalhamos juntos sempre. Eu ia pro Instituto Santos Anjos onde fui uma das suas melhores alunas e uma coisa nunca atrapalhou a outra", disse Leda Nagle .

Leia também: Duda Nagle canta para a filha e Leda Nagle se derrete pela neta

A mensagem da jornalista dividiu opiniões, recebendo apoio e muitas críticas no Twiter. Uma internauta chegou a dissertar: "A senhora sabe que há diferenças. Que cada caso é único. Crianças sempre foram bastante exploradas no Brasil, principalmente em regiões interioranas". 

Em resposta, Leda declarou: "Claro que sou contra exploração de qualquer ser humano, adulto ou criança. Mas eu acho que o trabalho em familia, mantendo o tempo de estudar e o tempo de brincar pode sim ser somado ao tempo de trabalhar se preciso for. No meu caso foi assim e foi uma experiência feliz".

Leia também: Leda Nagle elogia Sabrina Sato e fala sobre demissão polêmica da televisão

O assunto foi abordado por Leda Nagle  e Marcelo Bretas pois recentemente o presidente Jair Bolsonaro defendeu o trabalho desde a infância em uma live no Facebook.