Tamanho do texto

Atualmente no ar em "A Dona do Pedaço", atriz da Globo abriu intimidade para falar sobre romances, vida pessoal, detalhes de sua carreira e rede social

Interpretando a blogueira Vivi Guedes em "A Dona do Pedaço", novela da Globo , Paolla Oliveira confidenciou detalhes de sua vida amorosa, carreira e pessoal à revista Joyce Pascowitch, que publicou a entrevista nesta quinta-feira (06).

Leia também: Paolla Oliveira esbanja sorrisos em campanha para o Dia das Mães

Paolla Oliveira
Divulgação / Joyce Pascowitch
Paolla Oliveira

Durante o papo, Paolla Oliveira fez questão de evidenciar que, apesar de estar vivendo uma digital influencer em " A do Dona do Pedaço ", atualmente ela vem buscando afastar-se dos olhos do público. Segundo a atriz da Globo , este é o caminho natural levando em conta que de seus 37 anos de vida, 20 foram totalmente dedicados ao seu profissional. 

Leia também: Paolla Oliveira se joga na piscina em dia de folga

Questionada pela publicação se tem dimensão de quantas pessoas a admiram, ela não pestaneja: "Sim! Até comemorei. Mas acho que o mais legal é esquecer. Claro que dou uma superimportância, mas não posso ficar apegada a isso", inicia ela.

Sobre os famigerados haters, Paolla confessa que não passa batida por eles: "existe muito hater, claro. E se tenho a possibilidade de responder, respondo. Não posso impedir que as pessoas falem de mim, mas eu posso dar a importância necessária, senão vira um sofrimento".

Quando a conversa enveredou para assuntos mais íntimos, a atriz não se reprime: "amo estar apaixonada, é algo que me alimenta, mas podemos estar apaixonadas pelo trabalho. A gente vai mudando o foco das paixões. Hoje, estou mais solta".

Indagada sobre "coragem", Oliveira demonstra-se uma mulher moderna, pronta para chegar aos 40 com alma de 20: "Estou com 37 anos e não tenho nenhum problema com a idade, não tenho vontade nenhuma de voltar 20 anos atrás, me gosto agora". 

Leia também: Patrícia Poeta, Paolla Oliveira e as famosas que estão curtindo a Páscoa

Sobre ter uma vida perfeita, Paolla Oliveira desabafa: "Não mesmo! Não tenho uma vida perfeita. E se tivesse, ia encontrar alguma coisa para reclamar".