Tamanho do texto

Danilo Gentili foi condenado a quase sete meses de detenção por injuriar a deputada Maria do Rosário; Porchat também falou sobre liberdade de fala

Nesta terça-feira (14) Fábio Porchat marcou presença no programa "Revista Cidade", da TV Gazeta . Durante sua participação, o humorista falou de Danilo Gentili, condenado a quase sete meses de detenção por injuriar a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). O ex- Record alegou que mesmo sendo contrário à decisão judicial considerou o comediante do SBT "desrespeitoso" com a parlamentar.

Leia também: Com futuro indefinido, Fábio Porchat nega boatos de brigas com a Record TV

Fábio Porchat%2C Maria do Rosário e Gentili
Montagem / Divulgação
Fábio Porchat, Maria do Rosário e Gentili

"Acho que não existe um limite para o humor, isso está inserido na liberdade de expressão e ponto. Eu defendo a liberdade da pessoa poder dizer o que ela quer, mas acho que se você começar a prender todos que xingam um ao outro o Brasil vai preso", disse Fábio Porchat .

Leia também: Fabio Porchat na Globo? Humorista faz graça com boatos: "Que história é essa?"


Leia também: Quais os possíveis destinos de Fábio Porchat  após saída da Record

"No caso da Maria do Rosário , onde ela se sentiu ofendida, e eu acho que ela foi mesmo, a atitude do Danilo Gentili para mim foi boba, infantil e agressiva, mas ele tem esse direito", argumentou Fábio Porchat