Tamanho do texto

Artista foi preso por funcionários da Agência de Imigração e Alfândera (ICE) por estar morando ilegalmente no país de acordo com as autoridades locais

O rapper 21 Savage, que recebeu duas indicações para a próxima edição do Grammy, foi preso por funcionários da Agência de Imigração e Alfândega (ICE), dos Estados Unidos, durante operação feita na cidade de Atlanta, Geórgia, no último domingo (03).

Leia também: Após ser acusado de estupro, Chris Brown recebe apoio de Justin Bieber

O rapper 21 Savage foi colocado em processo de deportação por estar morando ilegalmente nos EUA de acordo com autoridades
Reprodução/Instagram
O rapper 21 Savage foi colocado em processo de deportação por estar morando ilegalmente nos EUA de acordo com autoridades


De acordo com a imprensa internacional, 21 Savage está morando ilegamente no país. As autoridades disseram que o músico é um cidadão britâncio que entrou nos Estados Unidos legamente em 2005, mas teve seu visto expirado em julho de 2006. Agora, o artista foi colocado em processo de deportação.

Sha Yaa Bin Abraham-Joseph, nome verdadeiro do rapper, chegou a ser detido em outubro 2014 por acusações relacionados a drogas no condado de Fulton, na Geórgia. A ICE agora  "aguardará o resultado de seu caso diante de um juiz federal de imigração para determinar ações futuras".

Leia também: Filha de Eminem, Hailie Scott é nova promessa entre as influenciadoras digitais

Ainda de acordo com a imprensa internacional, Dina LaPolt, advogada do cantor, afirmou estar fazendo os trâmites para conseguir a livertação de ser cliente e esclarecer "qualquer mal-entendido"."O senhor Abraham-Joseph é um modelo a ser seguido pelos jovens neste país, especialmente em Atlanta, Geórgia, e está trabalhando ativamente em programas comunitários para ajudar jovens desfavorecidos", disse LaPolt.

21 Savage no Grammy 2019

21 Savage foi indicado a dois prêmio no Grammy 2019
Reprodução/Instagram
21 Savage foi indicado a dois prêmio no Grammy 2019


O rapaz foi indicado para dois prêmios no Grammy de 2019, incluindo o recorde do ano da Rockstar com o Post Malone - a faixa alcançou o número 1 nas paradas de singles dos Estados Unidos e do Reino Unido. Em dezembro, seu segundo álbum, I Am> I Was, estreou no número 1 na Billboard 200 dos EUA.

Leia também: Sem filtro, Cardi B consolida sua carreira e garante posto na realeza do rap

Na última sexta-feira (01), ele lançou um vídeo para a faixa principal do álbum, um monte , que menciona a separação da família fronteira. A faixa apresenta J Cole; 21 Savage também gravou com várias outras estrelas do rap americano, incluindo Cardi B, Drake e Travis Scott.