Tamanho do texto

Ator morreu nesta quarta-feira (23) após sofrer um acidente de carro no Aterro do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro, na semana passada; confira

O ator Caio Junqueira, que interpretou Neto em "Tropa de Elite", morreu nesta quarta-feira (23), aos 42 anos, depois de se envovler em um acidente de carro no Aterro do Flamengo, na Zona Sul do Rio, na semana passada. O rapaz foi levado ao Hospital Miguel Couto, mas não resistiu. A notícia foi confirmada pela Rede Globo.

Leia também: Caráter político pode fazer "Intervenção", filme sobre UPPs, mudar de nome

Caio Junqueira morreu após sofrer acidente de carro no Rio de Janeiro
Reprodução/Twitter
Caio Junqueira morreu após sofrer acidente de carro no Rio de Janeiro


Na útlima quarta-feira (16)  Caio Junqueira sofreu um acidente no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, enquanto dirigia sozinho em direção ao Centro da cidade. Ele perdeu o controle do carro, bateu em uma árvore e capotou com o veículo. Ele teeved uas fraturas expostas e seria operado hoje, mas os medicos decidiram esperar um pouco.

O ator, filho de Fábio Junqueira, estreou na TV em 1985, quanto tinha nove anos. Ele esteve na TV Manchete ao lado de nomes como Diogo Vilela, Guilherme Osty e Zezé Polessa no programa humorístico "Tamanho Família". Logo em seguida, ele foi paraa Rede Globo para participar com seu irmão Jonas Torres, da série "Armação Ilimjitada".

Leia também:  Canal pago brinca com currículo de astros para estrelar faixa de filmes de ação

A partir daí, ele esteve em vários trabalhos na TV e no teatro, além do cinema. Na emissora ele fez "Desejo", "Barriga de Aluguel", "A Viagem", "Engraçadinha... Seus Amores" e "Seus Pecados", entre outros.

Caio Junqueira interpretou Neto em
Reprodução
Caio Junqueira interpretou Neto em "Tropa de Elite", em 2007, e fez sucesso


Leia também: Dez anos depois da estreia, “Tropa de Elite” continua atual

Caio Junqueira fez sucesso ao interpretar Neto em " Troca de Elite ", lançado em 2007. Seu personagem era um dos centrais. No filme, ele substituira o Capitão Nascimento (Wagner Moura) no BOPE, mas acabou sendo assassinado antes. O longa criou grande polêmica e frequentou a mídia mesmo antes de sua estreia e levou Caio de volta à TV. Em 2007, o ator fez uma participação especial na novela "Paraíso Tropical" e "Linha Direta Justiça".  Em seguida foi escalado para a novela "Desejo Proibido", onde viveu o engenheiro Gaspar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.