Tamanho do texto

Muitas personalidades ficaram conhecidas por serem símbolos sexuais, mas agora abandonaram seus títulos eróticos, pois se converteram; veja a lista:

Na mídia a figura de símbolos sexuais é frequente, principalmente no passado, quando muitos se consagram por conta da ousadia e sensualidade. No entanto, o passar dos anos mudaram a história de algumas dessas personalidades, que deletaram a imagem erótica de suas vidas.

Leia também: Nada de sexo: veja as celebridades que já assumiram abstinência sexual

Símbolos sexuais que se converteram
Divulgação
Símbolos sexuais que se converteram

Como diz o ditado "o mundo dá voltas", assim, alguns decidiram abandonar seus postos por questões religiosas. Ainda que continuem gozando de certa popularidade, alguns símbolos sexuais se converteram e passaram a se dedicar à igreja. Pensando nisso, o iG Gente separou uma lista com essas personalidades; confira:

Leia também: Andressa Urach fala que sexo antes do casamento é "prostituição" e é criticada

Joana Prado

Símbolos sexuais que se converteram: Joana Prado
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Joana Prado

Quem se lembra de Joana Prado na época em que interpretava a personagem Feiticeira, no extinto “Programa H”, apresentado por Luciano Huck na Band, no final dos anos 1990, ou até em sua participação na “Casa dos Artistas”, em 2002, ou em capas da Playboy, pode não reconhecê-la atualmente.

A loira substituiu o antigo estilo de vida, usa roupas mais comportadas, além de estar mais serena e não fazer questão de aparecer na mídia. Hoje, Joana é evangélica e se dedica aos filhos e o marido, Vitor Belfort.

Suzana Alves

Símbolos sexuais que se converteram: Suzana Alves
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Suzana Alves

Famosa nos anos 90 como a personagem Tiazinha, Suzana Alves, que usava pouca roupa e já posou nua, há anos deixou o chicote e a cinta-liga de lado.

Agora evangélica, ela usa  com frequência as redes sociais, inclusive para publicar imagens na academia, mas sem mostrar demais. Além disso, ela também compartilha cliques em família e não dispensa legenda com palavras de Deus.

Em 2013, para o programa "De Frente Com Gabi", de Marília Gabriela, ela falou um pouco sobre o passado: "Fiquei traumatizada quando caiu a ficha do símbolo sexual que a Tiazinha representava. Virou meu Frankenstein, é maior do que eu".

Valeria Valenssa

Símbolos sexuais que se converteram: Valéria Valenssa
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Valéria Valenssa

Conhecida como Globeleza durante as épocas de carnaval da Globo, Valeria Valenssa, que exibia a boa forma por meio de pinturas corporais enquanto sambava, e já fez ensaios picantes para revista masculina nos anos 90, deixou o cargo de lado.

Convertida ao evangelismo, atualmente ela se dedica em palestrar sobre Deus. Em seu perfil do Instagram, por exemplo, é fácil achar publicações de teor religioso. Ela aproveitou sua história de vida e escreveu um livro, "Valeria - Uma vida de sonhos", onde sua trajetória como do subúrbio carioca, passando por Globeleza e a vida com Cristo.

Chris Duran

Símbolos sexuais que se converteram: Chris Duran
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Chris Duran

O cantor Chris Duran fazia o tipo que cantava e encantava nos anos 90, quando ele foi eleito um dos homens mais bonito do mundo. Em 2003, depois de sofrer um acidente no Chile, ele deixou o pop e passou soltar a voz com na categoria gospel, além de atuar como pastor.

Angela Bismarchi

Símbolos sexuais que se converteram: Angela Bismarchi
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Angela Bismarchi

Por muitos anos, Angela Bismarchi foi sinônimo de sensualidade em ensaios eróticos e desfiles de carnaval, além das repercussões pelo grande número de cirurgias plásticas.  No entanto, em 2016, ela disse que sentiu o chamado do Espírito Santo, mas foi em 2017 que a loira abandonou de vez a folia e passou a dedicar a Deus.

Batizada no Rio de Janeiro, Angela gosta de mostrar que está se dedicando ao evangelho. Agora, suas redes sociais são compostas de mensagens religiosas e ela também realiza palestras sobre o tema.

Andressa Urach

Símbolos sexuais que se converteram: Andressa Urach
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Andressa Urach

Um dos casos mais conhecidos entre os símbolos sexuais que se converteram é, claramente, Andressa Urach. A modelo, que era conhecida por suas curvas e extravagância, mudou da água para o vinho.

Em 2014 a loira abandonou a carreira de modelo após sofrer as consequências de aplicação de hidrogel, e se converteu à religião evangélica. Deixando o passado de lado, ela mantém um canal no YouTube para falar sobre assuntos cristãos, e também realiza palestras.

Justin Bieber

Símbolos sexuais que se converteram: Justin Bieber
Divulgação/ Reprodução/ Instagram
Símbolos sexuais que se converteram: Justin Bieber

Justin Bieber que começou uma carreira de sucesso no mundo da música em 2010, passou de um adolescente comum para sinônimo de sensualidade, tudo por conta de seus músculos, ousadia e jeito sexy. 

Leia também: De Xtina a Katy Perry! Elas foram eleitas as mais sexy do mundo pela Maxim

Em 2017, no auge da fama, ele cancelou alguns shows de sua turnê Purpose para se dedicar a Cristo. Desde então, o cantor deixou a imagem de símbolo sexual de lado e apresenta comportamento diferenciado, além da mudança no visual.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.