Tamanho do texto

Alguns artistas também encontram na política outra forma de apresentar o seu trabalho e suas ideias. Cantores, jogadores e ex-BBBs estão na lista

Não satisfeitos com a fama, muitos artistas se envolveram na vida política para defender uma causa que acreditam ser ainda mais importante do que suas carreiras. Figuras públicas como cantores, atores, ex-jogadores e ex-BBBs, tentaram entrar no mundo político, mas muitos não conseguiram sucesso. 
Leia também: 2017: o ano em que a política e a arte colidiram

Dr. Rey desistiu da pré-candidatura à presidência, mas será pré-candidato a deputado federal por São Paulo
Reprodução
Dr. Rey desistiu da pré-candidatura à presidência, mas será pré-candidato a deputado federal por São Paulo


Quem é o exemplo contraditório no mundo dos artistas é o ex-BBB Jean Wyllys, participante e ganhador da quinta edição do reality, Jean foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2010 e reeleito em 2014 como o sétimo mais votado. 

Veja a lista de artistas que se envolveram com política:

  • Netinho de Paula
Netinho de Paula começou sua carreira política em 2008
Divulgação
Netinho de Paula começou sua carreira política em 2008


Em São Paulo, o cantor de pagode, Netinho, começou sua carreira política como vereador em 2008, pelo PCdoB (Partido Comunista do Brasil). O cantor seguiu na vida política envolvido em fortes polêmicas como o caso de agressão à ex-mulher e infidelidade partidária. Em 2012, se candidatou para prefeito da capital paulista, mas desistiu para apoiar a canditura de Fernando Haddad, onde foi escolhido para seu secretariado, na Secretaria de Promoção da Igualdade Racial. Atualmente, Netinho é filiado ao Partido Democrático Trabalhista.

  • Tiririca
Em 2010, o artista Tiririca foi o mais votado em São Paulo, com 1,35 milhão de votos
Reprodução
Em 2010, o artista Tiririca foi o mais votado em São Paulo, com 1,35 milhão de votos


Em 2010, o humorista foi o mais votado em São Paulo, com 1,35 milhão de votos. Já em 2014, teve 1,01 milhão de votos e ficou em segundo lugar, atrás de Celso Russomanno (PRB-SP). No fim do ano passado, o artista decidiu que vai cumprir seu mandato até o final, mas não irá se reeleger para o cargo, alegando estar "com vergonha", decepcionado com os colegas e com a política brasileira. Em seu discurso, Tiririca também pediu que os outros parlamentares "olhem pelo País".

  • Leci Brandão 
A cantora Leci Brandão começou sua carreira política em 2004
Divulgação
A cantora Leci Brandão começou sua carreira política em 2004



A cantora Leci Brandão começou sua carreira política em 2004, quando tornou-se Conselheira da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e membro do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, permanecendo nestes postos por dois mandatos. Em fevereiro de 2010, a artista filiou-se ao PCdoB (Partido Comunista do Brasil) e candidatou-se ao cargo de deputada estadual, tendo sido eleita e reeleita em 2014. 

  • Mc Carol
MC Carol anunciou sua pré-candidatura nas eleições de 2018
Reprodução
MC Carol anunciou sua pré-candidatura nas eleições de 2018


A funkeira Mc Carol anunciou sua pré-candidatura ao cargo de deputada estadual do Rio nas eleições 2018. Em 2014, se filiou ao PC do B (Partido Comunista do Brasil). A artista afirma que tomou a decisão depois de conversar muito com a vereadora Marielle Franco, assassinada em março junto com seu motorista, e com Talíria Petrone, vereadora do PSOL em Niterói. A principal defesa da jovem de 24 anos é a questão da mulher.

  • Dudu Nobre
O cantor Dudu Nobre foi acusado de não pagar sua campanha política nas eleições de 2016
Reprodução/TV Globo
O cantor Dudu Nobre foi acusado de não pagar sua campanha política nas eleições de 2016



Candidato a vereador pelo PT do B (Partido Trabalhista Brasil) no Rio de Janeiro nas eleições de 2016, o sambista Dudu Nobre ficou em 260º lugar com 1.625 votos e não se elegeu. O cantor também foi denunciado publicamente nas redes sociais pela publicitária que fez sua campanha política por não ter pago 

Leia também: Ironia, decepção e festa: como os famosos reagiram à ordem de prisão contra Lula

  • Dr. Rey
Dr. Rey desistiu da pré-candidatura à presidência, mas será pré-candidato a deputado federal por São Paulo
Reprodução
Dr. Rey desistiu da pré-candidatura à presidência, mas será pré-candidato a deputado federal por São Paulo


Quem também está na lista de artistas com engajamento na vida política é o cirurgião plástico Dr. Rey. Em 2014, Dr. Rey concorreu a uma vaga de deputado federal nas eleições de São Paulo pelo Partido Social Cristão (PSC), não não foi eleito. Logo após, filiou-se ao Partido Ecológico Nacional (PEN), tornando-se seu vice-presidente nacional. Já no final de 2017, Dr Rey divulgou interesse em uma pré-candidatura à presidência do Brasil nas eleições desse ano, mas desistiu e está investindo na pré-canditatura para deputado federal. 

  • Thammy Miranda
Thammy Miranda foi candidato a vereadora nas eleições de 2016, mas não foi eleita
Reprodução
Thammy Miranda foi candidato a vereadora nas eleições de 2016, mas não foi eleita


Em 2016, Thammy Miranda foi candidato a vereador pelo PP (Partido Progressista) na cidade de São Paulo. O filho da cantora Gretchen teve 12.408 votos e não conseguiu se eleger. 

  • Pink
A ex-BBB Pink está envolvida com a política desde 2008, quando se candidatou pela primeira vez como vereadora
Nando Chiappetta/DP/D.A Press
A ex-BBB Pink está envolvida com a política desde 2008, quando se candidatou pela primeira vez como vereadora


Participante da quinta edição do "Big Brother Brasil", a ex-BBB Pink se candidatou a vereadora no Recife pela terceira vez em 2016, mas assim como em 2008 e em 2012, foi derrotada. Candidata do PSC (Partido Social Cristão), em 2016 teve 901 votos e ficou em 161º lugar pela disputa na capital pernambucana. 

  • Marcelinho Carioca
O ex-jogador Marcelinho Carioca iniciou sua vida política em 2010
Reprodução
O ex-jogador Marcelinho Carioca iniciou sua vida política em 2010


O ex-jogador e ídolo do Corinthians Marcelinho Carioca começou sua carreira na política em 2010, quando foi suplente de deputado federal. Em 2012 e 2014, perdeu as eleições para vereador e deputado estadual e acabou tomando posse na Câmara quando o deputado Márcio França se licenciou em 2015. Nas eleições de 2016, não conseguiu se eleger vereador pelo PRB (Partido Republicano Brasileiro) em São Paulo.

Leia também: "Será que perdemos a batalha"? Famosos reagem ao assassinato de Marielle Franco

  • Theo Becker
Theo Becker tentou segui na carreira política como vereador do Rio de Janeiro, mas não conseguiu
Nilo Lima
Theo Becker tentou segui na carreira política como vereador do Rio de Janeiro, mas não conseguiu


O ator tentou entrar no cenário político nas eleições de 2016 quando se candidatou para vereador da cidade do Rio de Janeiro pelo  PRB (Partido Republicano Brasileiro). O ator não conseguiu, ficou com apenas 421 votos e em 612º lugar na disputa. 

  • Tati Quebra - Barraco
Tati Quebra Barraco se lançou como candidata em 2010
Reprodução Instagram
Tati Quebra Barraco se lançou como candidata em 2010


Tati Quebra-Barraco se lançou em 2010 na vida política como candidata à uma vaga na Câmara dos Deputados no Rio de Janeiro pelo partido PTC (Partido Trabalhista Cristão). A funkeira recebeu 1.052 votos e não conseguiu se eleger

  • Simony
Simony, do programa infantil
Divulgação
Simony, do programa infantil "Balão Mágico", também se envolveu com política


Em 2010,  a cantora e atriz Simony,  do programa "Balão Mágico", se candidatou a uma vaga para deputada estadual em São Paulo, e afirmou que pretendia lutar pelos direitos da mulher. Simony recebeu cerca de 7 mil votos, mas não conseguiu se eleger.

  • Dhomini
Ganhador do ex-BBB 3, Dhomini também tentou entrar na vida política
Reprodução
Ganhador do ex-BBB 3, Dhomini também tentou entrar na vida política


Em 2004, Dhomini se candidatou a vereador em Goiânia (GO), mas não conseguiu se eleger. O vencedor da terceira edição do “Big Brother Brasil” voltou à política em 2010, disputando uma vaga de deputado estadual, mas desistiu antes do pleito.

Outros artistas que se envolveram na vida política são Compadre Washington, a cantora Gretchen, o cantor Agnaldo Timóteo e os irmãos Kiko e Leandro da banda KLB.