Morreu na manhã deste sábado (28) no Rio de Janeiro o ator e humorista Agildo Ribeiro. As informações são do colunista Ancelmo Gois. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas de acordo com o colunista, o ator sofria de um grave problema vascular e seria operado nessa semana.   

undefined
Divulgação/TV Globo
Agildo Ribeiro durante cena do "Zorra Total". Ator teve uma extensa carreira na Globo, marcada pro humorísticos

Com uma extensa carreira no humor, Agildo da Gama Barata Ribeiro Filho, ou só Agildo Ribeiro , já participou de diversos programas da Rede Globo, como a “Escolinha do professor Raimundo”, “Zorra Total”, “Casseta e Planeta” e, mais recentemente, o “Tá no Ar: a TV na TV”.

Leia também: Cinco melhores momentos da nova temporada de "Tá no Ar" até agora

Conhecido como “capitão do riso”, Agildo primeiro se destacou em “Planeta dos Homens” (1976 – 1981), onde interpretou o professor Aquiles Nicolau, que era obcecado por Bruna Lombardi e autor do bordão “múmia paralítica”. Agildo também foi o primeiro a interpretar o icônico personagem João Grilo, do romance de Ariano Suassuna, “O Auto da Compadecida”.

Carreira de Agildo Ribeiro

undefined
Memória Globo
Agildo Ribeiro em "Planeta dos Homens" onde contracenou com Jô Soares

Agildo iniciou sua carreira no teatro de revista no rádio, sempre interpretando papeis de humor. Começou na Globo em 1965 e seus créditos incluem ainda “Chico City”, “TNT” e “Satiricom”. Também participou da novela “A Lua Me Disse”, de 2005.  

Leia também: "Zorra Total" ironiza concorrência: "Se não gostar, estamos na rua ou na RedeTV"

Depois de breves passagens pelo SBT e Rede manchete, ele retornou à Globo onde interpretou diversos papéis no “Zorra Total”, incluindo o professor Aquiles Nicolau.

Seu último trabalho na emissora foi no humorístico “Tá no Ar: a TV na TV”, onde interpretou ele mesmo na temporada 2018. Ribeiro renovou em 2017 seu contrato com a Rede Globo.

Vida pessoal

Agildo foi casado cinco vezes, inclusive com a atriz Marília Pera. O relacionamento mais longo foi com a bailarina Didi Barata Ribeiro, com quem esteve por 35 anos, até sua morte em 2009. “o que eu vivi de melhor foi ao lado da Didi”, chegou a declarar em uma entrevista ao “Fantástico”.

Leia também: Cinco razões que fazem de "Tá no Ar" o melhor programa da TV brasileira atual

Agildo Ribeiro , que nunca conseguiu ter filhos com Didi, descobriu em 2013, aos 81 anos, que era pai de homem de 47 anos. Marcelo Galvão foi fruto de um caso de Ribeiro antes de seu casamento com Didi, no mesmo ano em que estreou na Rede Globo.  

    Veja Também

      Mostrar mais