undefined
Léo Ornelas | CO Assessoria
Cátia Paganote e a filha Valentina
undefined
Léo Ornelas | CO Assessoria
Cátia Paganote e Valentina

Sucesso nos anos 80, Cátia Paganote, a eterna paquita Miúxa, posou cheia de amor ao lado da filha Valentina, 7, e comentou se deixaria a pequena trabalhar como assistente de palco da rainha dos baixinhos. No ensaio, mãe e filha exalaram carinho e mostraram semelhança na aparência e na produção com o vestido preto.

Leia também: Cátia Paganote diz que já usou roupa de paquita na hora H: "É um fetiche"

Após 23 anos afastada dos palcos do “Show da Xuxa”, a ex-paquita Cátia Paganote relembrou o trabalho feito durante a infância: “Com certeza foi uma época maravilhosa, comecei a trabalhar muito cedo, com apenas 10 anos".

Leia também: "Tinha inveja da Xuxa", afirma ex-paquita Cátia Paganote na TV

Mesmo demonstrando carinho pela fase de trabalho ainda muito jovem, Cátia, que está com 42 anos, revelou que sua visão de mãe seria motivo de restrição caso a filha quisesse ser paquita.  “Hoje sou mãe e tenho outra visão. Éramos crianças com responsabilidades de adultos, como horários rígidos de gravação. Teria que ter um equilíbrio maior", contou.

Revelações de Cátia Paganote

undefined
Léo Ornelas | CO Assessoria
Cátia Paganote e Valentina

Em entrevista para o iG Gente no final de 2015, ela se mostrou arrependida de não ter engatado um relacionamento com Maurício Mattar no começo de sua carreira. "A gente viveu um romance de adolescente, mas tudo muito infantil. Eu andava com ele para cima e para baixo, mas não percebia sua real intenção. Hoje me pergunto: 'Por que não peguei o Maurício Mattar?'".

Leia também: Ex-paquita ganha incentivo de Xuxa para emagrecer: "Estou na torcida"

Relembrou também um episódio em que Xuxa perdeu a paciência. "Fiquei decepcionada uma única vez, quando ela disse que não precisava da gente (paquitas) para nada. Ela meio que cuspiu no ventilador, fiquei chateada. Mas a culpa não foi dela, a produção que errou. No fundo, Xuxa era uma irmã mais velha, que ensinava a beijar na boca, essas coisas", contou Cátia Paganote .

    Veja Também

      Mostrar mais