Tamanho do texto

A atriz, que teve um 2017 arrasador ao dar vida à Bibi em "A Força do Querer" veio à frente dos ritmistas da Acadêmicos do Grande Rio

Depois de 10 anos e um 2017 arrasador em "A Força  do Querer" , Juliana Paes voltou a pisar na Sapucaí como Rainha de Bateria . Dessa vez, a atriz veio à frente dos ritmistas da Acadêmicos do Grande Rio . A última vez dela no posto foi em 2008, quando defendeu as cores da Viradouro .

Leia também: Carnaval do Rio: Mangueira se destaca em noite marcada por protestos

Juliana Paes voltou a pisar na Sapucaí como rainha de bateria depois de 10 anos
Flickr/RioTur
Juliana Paes voltou a pisar na Sapucaí como rainha de bateria depois de 10 anos


Juliana Paes impressionou a todos que assistiam o desfile da Grande Rio com um corpo sarado e beleza para dar e vender. A rainha usou uma fantasia toda dourada, com um costeiro bem grande todo em verde e amarelo, mas já avisou que ano que vem não volta como rainha de bateria.

Leia também: Chacrinha, futuro e escravidão mobilizam Sapucaí na 1ª noite de desfiles

Vale lembrar que Juliana esteve à frente da bateria da Viradouro de 2004 até 2008, mas já revelou que sua escola do coração não nem a Viradouro nem a Grande Rio, mas sim o Salgueiro.

A última vez da atriz como rainha de bateria havia sido em 2008, quando ela defendeu as cores da Viradouro
Flickr/RioTur
A última vez da atriz como rainha de bateria havia sido em 2008, quando ela defendeu as cores da Viradouro


Acadêmicos do Grande Rio

A Grande Rio falou sobre Chacrinha em seu desfile deste ano. A escola teve alguns problemas em alegorias que acabaram comprometendo a agremiaçãoe ficou bem longe de conquistar o título. Mesmo assim, a agremiação levou muitas luzes e led e animou o público.

A escola ficou cerca de 10 minutos parada no início da avenida esperando que uma alegoria fosse rebocada para entrar no desfile, o que acabou não acontecendo, com isso, muitos drama e buracos acabaram tomando conta do desfile.

Leia também: Juliana Paes, Preta Gil, Gio Antonelli e famosas prestigiam evento em São Paulo

A Grande Rio de Juliana Paes tem batido na trave nos últimos anos, ficando sempre entre as campeãs. A escola fez bons carnavais, mas não conquistou o título. Neste ano, a aposta foi Chacrinha.  “Vai para o trono ou não vai?” , foi o tema do enredo e serve para o carnavalesco acreditar que agora a vermelho, verde e branco de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, vai sim para o trono.