Tamanho do texto

Mark Salling foi condenado a prisão por caso envolvendo pornografia infantil

De acordo com o site americano TMZ , o ator Mark Salling , de 35 anos, teria tentado tirar a própria vida, cortando os pulsos, em agosto deste ano. Ainda de acordo com a publicação, o ator - que ganhou fama ao dar vida a Puck na série "Glee" - teria se apavorado após a tentativa de suicídio e gritou por um amigo com quem divide o apartamento, que descobriu o ator sangrando e chamou os paramédicos. 

Leia também: Série musical "Glee" ultrapassa os Beatles no ranking da Billboard

Mark Salling, de
Divulgação
Mark Salling, de "Glee", é condenado por posse de pornografia infantil e tenta tirar a própria vida

No hospital, o ator de "Glee"  teria passado por avaliações psiquiátricas e sido levado para uma clínica de reabilitação psicológica logo depois. A publicação também afirmou que os cortes deixaram marcas em seus braços e, por isso, ele tem sido visto usando blusas de mangas compridas mesmo no calor de Los Angeles, onde mora atualmente.

Leia também: Ator de "Glee" se esconde de fotógrafos após sair da prisão

Em comunicados à imprensa, o advogado do ator nega que ele tenha tentado se matar. Ele foi preso em dezembro de 2015, após uma denúncia feita ao escritório da polícia de Los Angeles que cuida de crimes na internet contra crianças receber uma dica de que ele teria uma grande coleção de material pornográfico infantil em sua casa. Após uma investigação, as autoridades descobriram mais de 50 mil fotos e vídeos de crianças em seu notebook e outras 4 mil em pen drives.

No último mês, o ator confessou ser o proprietário do material e fez um acordo com a Justiça norte-americana, concordando com uma pena de quatro a sete anos encarcercado. Ele também estará no registro de criminosos sexuais e não poderá ter contato com qualquer pessoa com idade inferior a 18 anos. Quando for solto, o ator também não poderá estar a menos de 200 metros de escolas, parques, piscinas públicas, parquinhos e game centers.

Leia também: Ator de "Glee" é indiciado por pornografia infantil e pode pegar até 20 anos

Por fim, o ator de "Glee" passará 20 anos em liberdade supervisionada, além de pagar uma indenização de US$ 50 mil para cada uma das vítimas que exigir uma reparação, e fazer parte do programa de tratamento para criminosos sexuais do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas