Tamanho do texto

A atriz foi clicada em um ensaio para a Revista "Glamour" do mês de agosto e, em entrevista, comentou sobre diversos temas às vezes muito polêmicos

Estrela de “Aldo – Mais Forte que o Mundo”, minissérie adaptada do longa de Afonso Poyart, Cleo Pires é a atriz que estampa a capa da revista “ Glamour ” de agosto. A jovem, que ainda terá mais dois longas a serem lançados nos próximos meses - o thriller “Terapia do Medo” e a comédia “Todo Amor” – realizou um ensaio para a publicação e ainda comentou sobre diversos assuntos, como sexo, política, assédio e outros temas.

Cleo Pires se revela feminista e comentou sobre sexo, política e o caso de assédio da Rede Globo à revista Glamour
Divulgação
Cleo Pires se revela feminista e comentou sobre sexo, política e o caso de assédio da Rede Globo à revista Glamour


Leia também: Cleo Pires sobre sexo a três: "Não fui a primeira a transar com dois caras"

“Não gosto de ser polêmica, mas gosto menos ainda de ser hipócrita. E, muitas vezes, os temas são descontextualizados”, comentou  Cleo Pires à publicação. Durante a entrevista, a atriz relembrou o episódio que revelou em um programa do Caio Fisher que nunca havia ficado com mulheres, mas havia feito ménage à trois com dois homens. Na época, as redes sociais encheram de comentários com as pessoas chocadas com a informação. “Me dá uma preguiça imensa perceber que sexo, a essa altura do campeonato, ainda gera essa comoção”, comentou.

Cleo Pires na capa da
Divulgação
Cleo Pires na capa da "Glamour"

 Segundo a atriz, falar sobre esses temas gera uma reação desproporcional. “O que mais me deixa irada é que concluo que isso só acontece porque vivemos numa sociedade desigual. Se um homem quiser falar dessas coisas, ele pode. Mas, se for mulher, é piranha. E isso é machismo”, comentou. Declarada feminista, Cleo Pires não hesita em ser incisiva com aquilo que cerca o movimento.  “Sou feminista. E sim, precisamos [ser radicais]. O não é não, não existe mais meio-termo. O caso da figurinista da Globo que sofreu assédio do Zé Mayer é representativo. Formou-se um grupo de mulheres dentro da própria emissora para dar apoio a ela”, relembra.

Leia também: Cleo Pires x Luana Piovani: quem fez qual comentário sobre sexo? Descubra!


Cenário brasileiro

Com o clima de crise política no país, a atriz não hesitou em soltar a sua opinião sobre os recentes acontecimentos. Apesar de não ir em passeatas, Cleo afirma se envolver com as questões políticas. “Me envolvo porque, às vezes, penso que pode ser um efeito borboleta: se bater as asas aqui, vai causar um furacão ali. Não fui a favor do impeachment porque era inconstitucional. Diretas já, agora, também são, mas o que estamos vivendo é ainda mais”, comentou. “A culpa maior é do nosso sistema, que foi feito para ser corrompido. Precisamos mudá-lo!”, finalizou a atriz.

Leia também: Cleo Pires mostra corpão em da em viagem internacional

A entrevista completa com Cleo Pires pode ser lida na edição de agosto da revista, que já começa a circular nas bancas nesta segunda-feira (31).