Tamanho do texto

Após a denúncia feita por Bruno Guedes, motorista do Uber foi afastado

O ator de "Malhação - Pro Dia Nasceu Feliz", Bruno Guedes, desabafou em seu Facebook sobre uma situação desagradável que viveu no último sábado (1). Após solicitar um Uber, o ator relatou que o motorista estava sendo hostil e agressivo. Por fim, Bruno pediu que fosse deixado em um local movimentado para pedir uma nova corrida pelo serviço, mas foi abandonado no meio de uma comunidade. Segundo sua publicação, foram os moradores do local que o auxiliaram nesse momento.

Leia também: Por onde andam os ex-atores de "Malhação" que sumiram da TV?

Ator de ''Malhação'', Bruno Guedes desabafa após passar maus bocados com Uber que o abandonou em comunidade
Reprodução/Facebook
Ator de ''Malhação'', Bruno Guedes desabafa após passar maus bocados com Uber que o abandonou em comunidade


Desespero

Bruno Guedes relatou em rede social a "aventura" que passou ao pedir um carro do Uber no aeroporto no Rio de Janeiro. Após o motorista apresentar comportamente agressivo e reclamar que estava "perdendo outras corridas" com a dele, o ator pediu que fosse deixado no meio do caminho para seguir viagem com outra pessoa, mas o motorista, identificado como Gabriel, deixou o jovem desamparado em uma favela. 

Leia também: Adriane Galisteu posta foto de bumbum e recebe críticas: "não é você"

De acordo com Bruno, foram os moradores da comunidade que o socorreram e o ajudaram a chegar em seu destino com segurança. A publicação original foi apagada das redes, mas o texto integral feito pelo ator com a denúncia segue abaixo:

Leia também: Luciano Huck filma reação de Angélica em brinquedo de terror: "Tá chorando?"

Ator Bruno Guedes após ser deixado por Uber em amparo
Reprodução/Facebook
Ator Bruno Guedes após ser deixado por Uber em amparo

"Acabei de chegar de viagem e solicitei um Uber normalmente como sempre faço quando estou no aeroporto. Estava indo pro ensaio da peça que estreio hoje. Dessa vez não tive a mesma sorte. Meu motorista 'Gabriel' veio desde o início com uma direção agressiva, acelerando para cima dos carros e buzinando para tudo e todos. Nesse momento (como a viagem era longe) percebi que algo não estava certo. Ele errou o caminho pela menos 3 vezes (por distração). Se irritou e disse que não ia continuar a viagem pois ele estava perdendo outras corridas e seu tempo com a minha. Como não conhecia muito bem o lugar, e eu só queria me livrar desse motorista, pedi para ele me deixar num lugar movimentado (porque eu estava com mala de viagem) para que eu possa pedir outro carro [...] A única coisa que disse foi 'se vira aí'. Me xingou sem motivos e o resultado está ai nas fotos. Nesse momento, os moradores assistiram tudo e me ajudaram. Que ironia do destino. Minha segurança veio de dentro da comunidade e não de uma empresa que preza tanto pelos seus clientes.

Queria agradecer ao seu Zé que percebeu meu desespero e me levou em segurança. Só dei molo de não ter tirado foto daquele que realmente me ajudou. Mas valeu seu Zé! Compartilhem para que outros clientes não sejam prejudicados como eu fui com esse motorista. Tomem cuidado!".

Após a publicação de Bruno Guedes viralizar, a assessoria do Uber divulgou uma nota afirmando que o motorista em questão foi afastado e sua conta desativada, pois suas atitudes violavam as normas de conduta estabelecidas pelo serviço.