Tamanho do texto

A paulista de Osasco representa o Amazonas no concurso desse ano e vem se preparando com muito treino, dieta e procedimentos estéticos

No auge de seus 30 anos, a modelo e repórter Rosie Oliveira vem cheia de vontade e expectativas para o Miss Bumbum 2017. A paulista de Osasco representa o Amazonas e falou com exclusividade ao iG Gente sobre sua vida nas vésperas do concurso, que começa em agosto.

Leia também:  Candidatas do Miss Bumbum elegem Lucas Lucco como “Mister Bumbum”

A paulista Rosie Oliveira já pensa no pós- miss bumbum
Davi Borges
A paulista Rosie Oliveira já pensa no pós- miss bumbum


Segundo Rosie Oliveira , ela ainda não está ansiosa, mas sabe que isso mudará quando as votações do público começarem, o que não é novidade na vida dela, que participou do Gatas do Brasil em 2014 e conquistou o segundo lugar no concurso. "O Miss Bumbum pra mim não significa só o Miss Bumbum, é um todo, então é fazer meu melhor, treinar, estar dentro dos padrões e que vença a melhor", disparou a modelo.

Preparação

Durante a entrevista, Rosie repetiu algumas vezes que "quantidade não é qualidade" e isso se deve ao fato dela não ter como objetivo o corpo grande e bombado. "Com o meu padrão de beleza, não me sinto ameaçada. Aposto em um corpo como o da Juliana Paes e Eva Mendes, que conquistam o mercado", disse. Ela já viu a concorrência e sabe que é grande, mas acredita fortemente em seu corpo como uma grande arma para levar o prêmio.

Mas como chegar a esse corpo? "Fechar a boca", segundo ela. A modelo cortou o açúcar de seu cardápio, diminuiu os carboidratos, está fazendo musculação, exercícios aeróbicos e drenagem linfática para alcançar seu objetivo, tudo isso com acompanhamentos profissionais. 

Leia também:  "Mulher comum", Gilliane Bonheur já foca em ensaio nu após o Miss Bumbum

"Eu comia besteira, mas nessa fase, nesse foco, não como doce, porque é celulite na certa. Tirar o açúcar mostra um resultado, açúcar é veneno e parece que sabe o caminho certinho da perna e do bumbum", brinca ela, que é bem viciada em doces. "Depois acostuma, mas no começo é muito difícil, fico depressiva".

Rosie Oliveira
Davi Borges
Rosie Oliveira

Depois de receber o convite para participar do concurso através do Instagram, a modelo aceitou o desafio por que acha que está na hora de dar um engrenada na carreira. Com isso ela espera aumentar sua visibilidade e mira a trabalhos internacionais. "A campeã do ano passado saiu na Playboy de Portual, quem sabe eu não consiga uma na Argentina ou Itália".

Leia também: Veja os bastidores do ensaio de Erika Canella para a Playboy de Portugal

E é por isso que Rosie aposta em um corpo mais fino, "Porque não atinge um padrão internacional, você tem que saber o que você quer e meu foco nunca foi esse”, disse. "Se a campeã for por bunda grande, eu não ganho, porque não me sinto bem", acredita.

Além de modelo, a paulista também é repórter e trabalha como freelance em cobertura de feira e eventos. "Quero me formar em jornalismo, quero fazer faculdade, agora está sendo uma experiência", conta. Mas com tudo isso, sua vida está bem corrida. "Está difícil, mas não quero abrir mão de nada", conta ela.

Por fim, Rosie Oliveira conta que tem total apoio de sua família, mas se preocupa um pouco com o irmão de 22 anos que está em seu Instagram. "Rola um pouco de ciúmes, mas tem um respeito porque ele sabe que é meu trabalho, mas eu não pediria voto pra ele", explica ela. "Ele respeita, mas não sei como se sente, tem os amigos dele que devem falar", finaliza.