Tamanho do texto

Há seis anos no "Domingão do Faustão", a bailarina deixou a dança de lado para ser promovida e vem aproveitando a oportunidade dentro do programa

Entrar no Balé do Faustão pode ser um grande sonho para uma bailarina. Isso porque o trabalho pode ser uma grande vitrine dentro da Rede Globo , responsável por revelar nomes como Aline Riscado e Carol Nakamura . Agora, quem vem sentindo esse gostinho é Ju Valcézia, que há seis anos começou no programa dançando e foi fazendo sua história até ser promovida a repórter.

Leia também: Carol Nakamura posa de topless em ensaio sensual

Ju Valcezia, repórter do
Ricardo Manga
Ju Valcezia, repórter do "Domingão do Faustão"


Em entrevista ao iGJu Valcézia conta que entrar no balé do Faustão nunca foi algo almejado por ela, mas que "aconteceu naturalmente". A bailarina conta que trabalhava como atriz e certo dia recebeu o convite para um teste. "Eu pensei que estar na Globo poderia ser uma vitrine, então fui lá, fiz o teste e passei", relembra.

De fato, ela não estava errada. Em seu primeiro ano de trabalho, Faustão já colocou o microfone na boca de Ju, assim como costuma fazer com suas bailarinas. "Quando ele vê a pessoa e gosta, já dá a oportunidade e aí fui aprendendo uma coisa atrás da outra".

As oportunidades vieram: a agora repórter foi chamada para participar quatro vezes do quadro "Dança dos Famosos", o que para ela é o auge da carreira de uma bailarina. "Além de ser uma vitrine, a dança mostra seu trabalho, você tem a possibilidade de ganhar dinheiro e o Faustão e as pessoas podem ver melhor seu trabalho". Talvez isso explique o tamanho da felicidade que as meninas ficam ao serem escolhidas.

Leia também: "Estou muito ansiosa", diz Renata Longaray que estreia no carnaval paulista

Neste ano, Ju Valcézia virou repórter do programa, onde ela está plenamente feliz e satisfeita. Mas e o futuro? "A Deus pertence, vou fazendo as coisas e sentindo. A minha intenção é estar cada vez melhor", responde ela. "Estou feliz, mas penso e me imagino como apresentadora".

Com o caminho percorrido, a repórter conta que hoje o que quer é trabalhar com comunicação. "Eu quero falar, conversar, fazer reportagem fora. É o que está mais próximo de mim agora", revela ela, que deixou a carreira de bailarina um pouco de lado, mas não deixou de amar a dança. "Está na minha alma, eu sempre vou dançar, mas agora não".

No palco do Domingão 📺 Look @marinasanvicente ❣️ #AoVivo #DomingaoDoFaustao #LadyInRed

Uma publicação compartilhada por Ju Valcézia (@juvalcezia) em


Rotina dura

Ju mora em São Paulo, local onde o "Domingão do Faustão" é rodado, mas isso não faz com que sua rotina seja menos corrida, já que, apesar das pessoas imaginarem que ela trabalha só de domingo, ela está de terça a domingo trabalhando.

Ju Valcezia
Ricardo Manga
Ju Valcezia

Por conta disso, ela também teve que parar de dançar com a frequencia que dançava, mas para manter o corpão, pratica outros exercícios e mantém uma alimentação saudável. "Eu procuro me alimentar bem, mas não sou neurótica com dieta, sou feliz", conta.  Além disso, as corridas e os exercícios também fazem parte de sua vida.

Leia também: Aline Riscado e mais famosas aproveitam dia de sol e posam de biquíni

Vida fora da TV

Longe do Faustão, que aliás "é um paizão" para Ju Valcézia, ela também faz publicidade. "Depois que o Fausto me deu essa oportunidade, eu comecei a fazer muita publicidade e trabalho como modelo também", finaliza ela. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.