Tamanho do texto

Filha de um ícone absoluto da televisão, Regina Duarte, Gabriela Duarte nunca teve papéis importantes e vive de fazer pequenas participações. Principal trabalho da atriz, a novela "Por Amor", volta ao ar no canal Viva

Gabriela Duarte já nasceu no foco da mídia – a atriz tem, atualmente, 43 anos, contra os 56 de carreira de sua mãe, Regina Duarte. Ou seja, desde sempre as apostas eram de que ela um dia despontaria, assim como Regina, como um grande nome da dramaturgia brasileira, mas, na realidade, não foi bem isso que aconteceu: por ter um background que a favorecia desde o início, Gabriela tinha tudo para ser a estrela da televisão que jamais foi.

Leia também: “Vade Retro” marca retorno de Fernanda Young a Globo

Gabriela Duarte sempre teve as possibilidades à disposíção, mas sua carreira estagnou e hoje só faz papeis menores
Renato Rocha Miranda/TV Globo
Gabriela Duarte sempre teve as possibilidades à disposíção, mas sua carreira estagnou e hoje só faz papeis menores

Bom presságio

Mesmo sendo um nome bastante conhecido pelo público, a carreira de Gabriela Duarte é um tanto quanto “morna” – a atriz nunca se tornou uma personalidade de “primeira linha”, mas, por outro lado, não abandonou a televisão nem caiu no esquecimento como tantas outras. Gabriela é como um barco que zarpou com os ventos a seu favor, mas logo encalhou em uma barreira de corais e lá ficou estagnada.

Leia também: As maiores brigas de famosos nos bastidores da TV

Com quase 30 anos na televisão, a atriz estreou na minissérie “Colônia Cecília” da TV Bandeirantes em 1989. No mesmo ano ela migrou para a Globo, onde participou da novela “Top Model” e atuou, pela primeira vez, ao lado da mãe, Regina Duarte. Quase dez anos depois foi protagonista em “ Por Amor ”, mais uma vez com Regina, em um papel que emocionou o Brasil e que poderia ter elevado sua carreira para o próximo estágio, mas seu desempenho não convenceu os diretores e autores de novelas e, desde então, Gabriela ficou estagnada em um ponto intermediário, presa em papéis com pouca relevância.

Nas sombras

Gabriela Duarte já participou de 25 produções para a televisão, entre minisséries, novelas e especiais, porém em muito poucas teve uma posição de maior destaque: 14 de seus papéis, ou seja, 56% do total, foram participações e aparições especiais. Em outros dois casos, “Chiquinha Gonzaga” e “ A Lei do Amor ”, Gabriela foi apenas “dublê” da mãe na primeira fase das novelas. Desde 2015, então, a atriz está afastada da televisão e foi morar em Nova York pouco depois de encerrar sua participação no folhetim. Meses depois deu uma entrevista para a “Vogue Brasil” e, quando questionada sobre seus projetos profissionais, deu respostas incertas – ou seja, não veremos a atriz tão cedo nas novelas.

Leia também: No ar em "Rock Story", Caio Paduan comemora seu primeiro vilão na TV

Gabriela Duarte atualmente com a mãe, Regina Duarte, e durante as gravações da novela ''Por Amor'', em 1991
Instagram/Reprodução
Gabriela Duarte atualmente com a mãe, Regina Duarte, e durante as gravações da novela ''Por Amor'', em 1991

É difícil estabelecer os reais motivos pelos quais a carreira de alguém, principalmente de uma atriz, que depende de tantos fatores, não foi para frente, mas é certo afirmar que Gabriela Duarte passou a viver nas sombras da mãe e estagnou, sem jamais conseguir atingir o patamar de Regina Duarte , nome que é sinônimo de novelas e televisão brasileira, sendo ídola de uma geração. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.