Tamanho do texto

A nova coelhinha da Playboy começou o ano de 2017 com o pé direito. Além do novo posto, ela arrasou ao desfilar pela X-9 Paulistana neste carnaval

O ano de 2017 começou com o pé direito para a modelo Katiely kathissumi. A bela morena desfilou como madrinha da escola de samba X-9 Paulistana  no carnaval de 2017 e agora está radiante com seu mais novo título, o de nova coelhinha da Playboy .

Leia também: Marido produz ensaio de Índia Fitness: "Ficou pedindo para eu empinar o bumbum"

Katiely kathissumi é a nova coelinha da Playboy
Mari/Araújo
Katiely kathissumi é a nova coelinha da Playboy


"É a realização de um sonho! Por décadas as coelhinhas da Playboy são um dos maiores símbolos de beleza e sensualidade da mulher pelo mundo todo. Carregar esse título é uma honra e uma explosão de auto estima de qualquer uma! Foi um presente que ganhei do vice-presidente e publisher da Playboydiretor da revista, André Sanseverino", comemorou  Katiely kathissumi .

Veja a galeria de fotos de Katiely como coelinha da Playboy:


Leia também:  Ex-coelhinha da Playboy, Thaiz Schmitt fala sobre carreira de atriz

Carnaval 2017

Katiely desfilou em 2015 pela X-9 Paulistana e voltou neste ano, dessa vez o posto de madrinha da ala dos compositores para ajudar a agremiação a voltar para o grupo especial do carnaval de São Paulo após a queda em 2016. E deu certo: a agremiação foi campeã do grupo de acesso e está de volta à elite do carnaval paulista.

Para isso, a modelo fez uma dieta bem restrita a base de proteína. Em entrevista ao iG, a musa falou que sempre manteve uma alimentação saudável, mas no pré-carnaval teve "o melhor corpo de sua vida". Além disso, ela passou a malhar de segunda à sexta com um personal.

Leia também: Katiely Kathissumi se prepara para o carnaval: "Melhor corpo da minha vida"

Vida pessoal

Não parece, mas além de encantar a todos com seu corpo e carisma seja no carnaval ou como coelhinha da Playboy, Katiely Kathissumi desfila toda sua beleza em um uniforme de enfermeira. A baiana já trabalhou em hospitais renomados em São Paulo e em Salvador e hoje faz freelancer no Samu. Dá para acreditar?



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.