Tamanho do texto

Apesar do cantor ter conquistado diversos fãs ao redor do mundo, ele já foi o protagonista de diversas polêmicas nos últimos anos. Relembre alguns casos

Justin Bieber é uma sensação da música. O cantor de apenas 22 anos construiu sua carreira a partir do sucesso na internet e transformou-se em uma febre ao redor do mundo. Apesar de ter conquistado um legião de fãs e ter deixado com que os holofotes estivessem na mira do seu talento, o cantor não conseguiu se esquivar de se envolver em polêmicas .

Justin Bieber com apenas 22 anos já foi o protagonista de diversas polêmicas que ficaram sob os holofotes
Reprodução
Justin Bieber com apenas 22 anos já foi o protagonista de diversas polêmicas que ficaram sob os holofotes


Leia mais: Justin Bieber fará show extra em São Paulo

De prisão à agressões, confira dez vezes que Justin Bieber deu uma bola fora.

Fuga da Justiça

Depois do hit Sorry estourar nas paradas do mundo inteiro, o cantor Justin Bieber foi acusado de plágio. Processado, o cantor disse que não poderia comparecer no tribunal para depor porque estaria doente. Entretanto, em um vídeo publicado no dia oito de fevereiro, a data que o cantor deveria estar prestando contas à justiça, Bieber aparece bebendo cerveja com os amigos despreocupadamente. Apesar do burburinho, os advogados do jovem não comentaram o caso.

Ciúmes de você

O ex-namorado de Selena Gomez parece não ter esquecido por completo a cantora. Justin Bieber alfinetou diversas vezes o atual namorado de Selena, The Weeknd. Em entrevista ao TMZ o cantor afirmou que não ouvia suas músicas porque era “ruim demais”. O ator chegou a brincar que sua música favorita seria Starboy, do The Weeknd e o vídeo viralizou nas redes sociais. O clima de tensão entre os artistas é tanto que muitos fãs acusaram que a recente música lançada do The Weeknd, Some Way, critica Bieber.


Agressão

De acordo com o Mirror , o cantor está sendo investigado por uma suposta agressão a um homem durante uma briga em um restaurante em West Hollywood, em uma festa pré-Grammy. Segundo as informações, ele estaria discutindo com dois bartenders e teria ficado irritado. Bieber foi convidado a se retirar do estabelecimento, mas retribuiu o convide com um golpe a um dos homens.

Leia mais: A mais nova treta do pop é entre Justin Bieber e Selena Gomez

Expulso do show

Durante um dos festivais de música mais conhecidos dos Estados Unidos em 2015, o Coachella, o cantor Justin Bieber tentaram entrar no evento durante a apresentação do cantor Drake, mas foram avisados que o lugar já estava lotado. Apesar disso, o cantor insistiu e um dos seguranças do evento deu um mata leão no cantor, que foi defendido pelos seus próprios seguranças, causando uma confusão generalizada.

Sem limites no volante

Em Janeiro de 2014, Justin Bieber foi preso em Miami Beach, na Flórida, por participar de um racha enquanto estava embriagado. Para piorar a situação do cantor, Bieber ainda apresentava uma carteira de motorista vencida e resistiu à prisão quando foi abordado pelos policiais do país. Em uma Lamborghini amarela, o cantor dirigia entre 80 e 96 km/h em uma área residencial cujo limite é 48 km/h.

Abandono de animais

Em abril de 2013 o cantor também causou polêmica por ter abandonado o seu macaco-prego Mally na Alemanha. Por não ter os documentos necessários para adentrar no país, o animal foi colocado em quarentena pela polícia local e encaminhado para uma clínica veterinária em Munique. Entretanto, os funcionários foram surpreendidos por uma ligação da equipe do cantor que afirmou que ele não pretendia voltar para buscar o bichinho. O desfecho do caso aconteceu quase um ano depois, com o cantor pagando uma multa de US$ 10,7 mil, cerca de R$ 22 mil na época, para cobrir os custos dos 17 meses que o animal ficou em um abrigo e acabou sendo transferido para um zoológico no país europeu.

Leia mais: "Eu provavelmente não quero", diz Justin Bieber a fã que jogou objeto no palco

Conflitos brasileiros

Em terras tupiniquins, o cantor também achou um jeito de arrumar conflitos com a polícia. No Rio de Janeiro, Justin Bieber foi atuado por pichação em muro, em São Conrado, no antigo Hotel Nacional. Apesar de a infração não resultar em prisão, o ator teve que pagar uma multa por conta da sua ação.

Briga com os Hermanos

Na passagem pela América do Sul em 2013, o cantor se envolveu em mais uma confusão com os latinos. Primeiro, o cantor varreu com o pedestal do microfone uma bandeira da Argentina do palco, o que foi filmado e causou revolta no país. Além desse episódio, na saída do show, o cantor ordenou um de seus seguranças a agredir um fotógrafo. A conclusão da situação foi a de que o cantor está proibido de fazer shows no país, até uma segunda ordem.



"Argentina, eu realmente amo vocês. Este é de fato um dos meus lugares favoritos para ir em tour. Eu gostaria que não fosse assim. Meus advogados dizem que é assim que tem que ser", escreveu o cantor. 

Xixi no restaurante

O ano de 2013 foi intenso para o cantor. Para somar à todas as suas polêmicas anteriores, Justin ainda foi pego no flagra fazendo xixi em um balde de limpeza de um restaurante, enquanto seus amigos riam ao fundo. Segundo o site de fofocas TMZ , o cantor estava fugindo de paparazzi quando ficou apertado e decidiu aliviar-se no meio do caminho da maneira menos higiênica possível.

Leia mais: Na Espanha, Justin Bieber tira fotos com Neymar Jr e David Brazil

Gafe histórica

Em passagem pela Holanda, Justin Bieber chegou a ir ao museu dedicado à memoria de Anne Frank, vítima do Holocausto aos 15 anos. No livro de visitas do local histórico, o cantor chegou a escrever “Verdadeiramente inspirador poder vir aqui. Anne era uma grande menina. Esperançosamente ela teria sido uma belieber". A afirmação controversa entretanto chegou a irritar muitas pessoas que acusaram o cantor de ser desrespeitoso e egoísta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas