Oitavo eliminado do "BBB 20", a participação de Pyong Lee no reality show da Globo foi permeada por algumas polêmicas de assédio. Fora do confinamento, o hipnólogo confirmou que foi intimado e que apenas aguarda uma data para depor. 

Leia também: Daniel é o maior alvo da web em novo paredão do "BBB 20"

Pyong Lee arrow-options
Reprodução Instagram
Pyong Lee

"Estou com a consciência tranquila. Eu errei, não vou mentir, não vou esconder, e não preciso fazer isso. Inclusive, já pedi desculpas publicamente dentro do ' BBB 20 '. E aqui fora eu sabia que teria consequências e eu vou lidar com as consequências dos meus atos", declarou Pyong Lee ao Uol .

Leia também: Shantal Verdelho sobre Mari Gonzalez no "BBB 20": "Nem reconheço"

"Quando o ser humano erra - e todo mundo erra - é reconhecer, pedir perdão para as pessoas que se ofenderam, para as pessoas envolvidas, e não repetir mais o erro. Estou comprometido, não repeti o erro lá dentro e não vou repetir mais aqui fora", completou ele, que foi perdoado pela esposa, Sammy Lee, e pelas sisters Marcela e Flayslane, que serão intimadas assim que saírem do " BBB 20 ".

A polêmica

Enquanto estava confinado, Pyong Lee foi flagrado passando indevidamente a mão no corpo de Marcela e Flayslane inúmeras vezes. As cenas irritaram os internautas que rapidamente colocaram a tag "Pyong expulso" em posição de liderança nos trending topics do Twitter.

    Leia tudo sobre: BBB

    Veja Também

      Mostrar mais