A atual edição do “ Big Brother Brasil ” é uma prova que, mesmo depois de 20 edições, o reality show continua dando ibope e que seu formato está longe de ficar desgastado. Bom, mas é importante ressaltar que a atração vem conseguindo se manter em alta porque a Globo sempre aposta em novidades para tentar tirar a atração da mesmice.

Leia também: "BBB": relembre os participantes mais odiados do reality show

Logo BBB arrow-options
Divulgação
O "BBB" continua sendo um sucesso mesmo depois de 20 edições


Durantes os anos que está no ar, muita coisa mudou. A quantidade de participantes passou a variar, os paredões começaram a ser diferentes, o perfil dos participantes ficou mais diversificado, as redes sociais passaram a ajudar na repercussão do que acontece na casa e, nesta edição, celebridades foram confinadas junto com participantes desconhecidos.

Sabendo disso, o iG listou algumas estratégias criadas durante os anos para manter a audiência do “BBB”. Confira!

Paredões triplos


Nas primeiras edições do “BBB”, os paredões eram sempre duplos – uma pessoa era indicada pelo líder e a outra pela casa. Além disso, quando Pedro Bial anunciava o resultado, ele sempre dizia a porcentagem de votos que o eliminado recebeu. Isso dava uma noção para quem estava dentro da casa de quem eram os favoritos do público.

Com os anos, isso mudou. A porcentagem deixou de ser falada e paredões triplos e até quádruplos foram ficando cada vez mais comuns. Nessa nova edição, por exemplo, nenhum paredão foi duplo e a cada semana os participantes tem se impressionado com o resultado. Sem saber das preferências do público, fica mais difícil elaborar estratégias e é ótimo ver os confinados criando teorias.   

Big Fone

Tiago Leifert no BBB arrow-options
Divulgação / Rede Globo
O Big Fone foi uma das estratégias para apimentar o jogo

Outra forma de agitar os participantes da casa foi a criação do Big Fone – uma espécie de orelhão instalado na casa que costuma tocar toda sexta-feira. A grande questão é que nunca se sabe o que a voz robotizada vai falar e isso, é claro, também deixa o público intrigado. Quem atende pode estar indicar alguém para o paredão, ganhar imunidade ou até algum prêmio. É sempre uma surpresa.  

Quarto Branco

Como se o confinamento não bastasse, foi criado o Quarto Branco. Ele só esteve presente em algumas edições e Boninho, diretor do “BBB”, já confirmou que terá nessa atual edição e o castigo começa nos próximos dias. A ideia é confinar alguns participantes em um quarto e eles só podem sair de lá quando um deles desistir do jogo apertando o botão vermelho. Quem não lembra da Ana Paula Renault voltando para casa e gritando: “OLHA ELAAAAAA”.

Casa de Vidro

Casa de Vidro arrow-options
Reprodução/Globo
Participantes da Casa de Vidro do "BBB 20"

Se no Quarto Branco os participantes ficam ainda mais isolados do mundo, na Casa de Vidro a exposição é total. Tornou-se comum colocar alguns participantes em uma casa toda cercada de vidro no meio de um shopping para as pessoas escolherem quem deve entrar no “BBB”. Geralmente, os novos participantes entram depois que jogo já está rolando.

Leia também: "BBB": Relembre os casais que não aguentaram e esquentaram o edredom

Este ano, a grande novidade é que os participantes que estiveram da Casa de Vidro puderam divulgar as informações que receberam do público que passou pelo shopping. Isso esquentou ainda mais a disputa porque Daniel confirmou que Marcela estava certa sobre o “plano de sedução” de alguns homens do jogo e também revelou o ranço que o público tinha de Petrix.

Participantes de diferentes perfis

Ieda e Ariadna arrow-options
Divulgação
Ieda e Ariadna já participaram do "BBB"

Chegou uma hora que o público começou a cansar de ver os mesmos tipos de participantes dentro da casa. Todos com pinta de modelo, mais ou menos a mesma idade e seguindo um determinado padrão. Conforme as edições foram avançando, os telespectadores foram exigindo mais diversidade e a produção do reality show ouviu. Ieda, por exemplo, participou do “BBB 17” e entrou na casa com 70 anos, já Ariadna, do “BBB 11”, que foi a primeira e única transexual a entrar na casa.

Volta de ex-participantes

Marcelo Dourado arrow-options
Divulgação Globo
Marcelo Dourado fez declarações polêmicas, mas venceu o "BBB"

Em edições passadas, alguns brothers voltaram ao confinamento. Marcelo Dourado (“BBB 4”) não fez sucesso da primeira vez que esteve na casa, mas retornou ao “BBB 10” e saiu vitorioso. Na mesma edição, Joseane Oliveira (“BBB 3”) também participou, mas foi a primeira eliminada. Fani Pacheco (“BBB 7”) tentou voltar no “BBB 10” e não conseguiu, porém ela voltou ao reality no “BBB 13”, junto com Natália Casassola (“BBB 8”), que ficou em terceiro lugar, Yuri Fernandes (“BBB 12) e Ana Mara (“BBB 10”).     

Repercussão nas redes sociais

Quando o primeiro “BBB” foi ao ar, a internet não tinha a força que tem hoje e as redes sociais ainda estavam longe de se tornar tão populares. Com o passar dos anos, as pessoas começaram a comentar sobre tudo na internet e o que os telespectadores não veem na TV, os internautas te mostram na web.

Leia também: "BBB 20": Íris Stefanelli aparece de surpresa na casa junto com ex-brothers

As polêmicas envolvendo o “BBB” criadas por seguidores nas redes sociais – principalmente no Twitter – acabam sendo positivas para o programa porque é de polêmica que o telespectador gosta e isso que faz com que as pessoas tenham curiosidade de ver o programa. Então, sim, o “BBB” sabe surfar nessa onda e vem se aproveitando dessas repercussões nas redes sociais para promover o programa.

Jogo da Discórdia

Jogo da Discórdia no BBB arrow-options
Reprodução/Globo
O Jogo da Discórdia veio para criar rivalidade no "BBB"

Cada dia da semana acontece algo no “BBB”, mas a segunda-feira sempre era meio morta. Para prender o público e de quebra gerar desavenças na casa, foi criado o Jogo da Discórdia. Toda semana é feito um joguinho com o intuito de colocar um brother contra o outro – e dá certo.

Mirou nos famosos, acertou nos influencers


Uma das grandes novidades da 20ª edição do “BBB” é a participação de celebridades – influencers em sua maioria. Não é segredo que a Globo tentou colocar nomes mais conhecidos dentro da casa mais vigiada do país, mas os convites não foram aceitos. O plano B foi chamar pessoas menos conhecidas, mas o interessante é que isso não foi um problema e a atual edição do programa conseguiu de certo modo se reinventar e já é um grande sucesso.   

Novo apresentador

Tiago Leifert arrow-options
Reprodução/Globo
Tiago Leifert é o atual apresentador do "BBB"


Até 2016, quem comandava o principal reality show da Globo era o jornalista Pedro Bial. Depois de anos à frente da atração, ele se tornou a cara do programa e ficou difícil imaginar outra pessoa em seu lugar. Em 2017, o inesperado aconteceu e Tiago Leifert assumiu a apresentação do “ BBB ”. A princípio, o público estranhou, mas parece que já está se acostumando com a mudança. A principal diferença entre os apresentadores é que Tiago, diferente de Bial, adora soltar uns spoilers, dar palpites e fazer piadinhas com os participantes que apimentam ainda mais o jogo.

    Leia tudo sobre: BBB

    Veja Também

      Mostrar mais