O comportamento de Pyong na festa "Guerra e Paz" deste sábado (8), que contou com show do DJ Alok, trouxe muitos problemas para o brother. Depois de beber muito, ele tentou beijar Marcela e passou a mão em Flayslane enquanto dançava com ela. As redes sociais agiram rapidamente acusando o hipnólogo de assédio e pedindo sua saída da casa. 

Leia também: Mulher de Pyong evita acusações de assédio no "BBB 20": "Focada no meu filho"

pyong no confessionário arrow-options
Reprodução/Globoplay
Pyong foi chamado no confessionário e recebeu punição

Percebendo o movimento, a produção do programa chamou Pyong e as duas sisters envolvidas para o confessionário. Para Marcela e Flayslane foi perguntado se elas tinham se encomodado com a postura do rapaz. A primeira disse que não se incomodou, apenas ficou preocupada com a situação em relação a esposa dele, que está grávida. Já a segunda alegou que ele não fez nada com ela. 

Leia também: Pyong pede desculpa a esposa: "Não vai acontecer de novo"

Diante das negativas, a produção optou por dar uma advertência ao brother. Além de zerar as estalecas de Pyong, foram retiradas mais 500, fazendo com que ele ficasse no negativo. Depois de ouvir a "bronca", ele prometeu que a situação não se repetirá. 

    Veja Também

      Mostrar mais