Tamanho do texto

O ex-BBB Kaysar criou uma vaquinha online para tentar arrecadar o valor de R$ 500 mil, mas não alcançou nem 15% do esperado

Criada com a finalidade de ajudar a trazer a sua família da Síria, a vaquinha online de Kaysar, vice-campeão do "BBB 18" , não alcançou nem 15% do objetivo final há dois dias do fim. Até o momento, 723 pessoas ajudaram o sírio. 

Leia também: Fãs de Kaysar fazem apelo para ex-BBB aceitar ajuda financeira

Kaysar não alcança nem 15% da vaquinha online que fez para trazer a sua família da Síria
Reprodução/Instagram
Kaysar não alcança nem 15% da vaquinha online que fez para trazer a sua família da Síria


Criada no dia 24 de maio após um manifesto dos seus fãs no Twitter   ' Kaysar aceite a nossa ajuda' para ajudá-lo a trazer os pais, George e Diane Dadour, que vivem em Alepo, na Síria, e a irmã, Celine, que está no Líbano, a vaquinha virtual arrecadou até agora somente 11,26%, cerca de R$ 56.300,00 do valor total, sendo que ela irá se encerrar no próximo dia 09 (segunda-feira). 

No começo das manifestações, o sírio mostrou ser irresistente a ideia, mas a vaquinha acabou acontecendo: “Vocês são meus amores e minha força, agradeço vocês demais e do fundo do meu coração por tudo e pelo apoio! Sempre vou acreditar e falar e sonhar que hoje vai ser o melhor dia mundo e que Deus e universo e o Brasil tá comigo pra sempre! Obrigado obrigado obrigado”. 

Leia também: "Não fui para o BBB para ficar como se espera que um preto fique", diz Nayara

Família Dadour reunida em foto de arquivo: George, o pai (à esquerda), Kaysar, a mãe, Diane, e a irmã, Celine (à direita)
Reprodução/Instagram
Família Dadour reunida em foto de arquivo: George, o pai (à esquerda), Kaysar, a mãe, Diane, e a irmã, Celine (à direita)


Porém, acabou aceitando a ideia, agradecendo os seus fãs pelo apoio: "Eu vou aceitar mesmo, cara. Ajuda é sempre bem-vinda e de vocês melhor ainda. Vocês vão realizar o meu sonho", disse em um vídeo publicado nas redes sociais. 

"BBB 18" e ajuda da ONU

Ficando em segundo lugar no Big Brother Brasil 2018 , sua participação no reality rendeu R$ 150 mil e dois carros 0 km. Conquistando o público com o seu bom humor diário e sua história de vida, o sírio emocionou muita gente, inclusive o apresentador Tiago Leifert, que no encerramento da edição, chegou a dizer que o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), órgão da ONU (Organização das Nações Unidas), ajudaria a trazer a sua família dele da Síria: "Kaysar, a ONU quer te ajudar. Depois do programa a gente vai conversar e em algumas semanas vamos tentar resolver a sua situação", afirmou o apresentador, na ocasião.

Leia também: Ex-BBB Kaysar será mestre de cerimônias da abertura do Miss Bumbum 2018

    Leia tudo sobre: BBB
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.