Luísa Sonza
Instagram
Luísa Sonza


A cantora Luísa Sonza usou o Twitter para acusar a indústria musical brasileira de machismo ao receber a informação, segundo pessoas próximas, de que seu nome foi descartado do line-up do Festival Atlântida 2022, ainda sem datas confirmadas no Rio Grande do Sul, estado natal da artista. O fato, no entanto, não foi confirmado oficialmente pelos produtores do evento.

Numa série de posts publicados desde a última quinta-feira (18), sem citar nominalmente o festival, Luísa diz que os fãs "não tem noção" do que ela passa "para ser reconhecida e valorizada". De acordo com informações que circulam no meio musical, Luísa, que participou do Festival Atlântida em 2020, estaria confirmada para a próxima edição do evento, mas foi descartada e substituída por outro artista.

Leia Também


"Que bizarro, como o cenário musical brasileiro desvaloriza as artistas femininas. A gente faz tudo, entrega tudo, e mesmo assim a desvalorização é clara. Que nojo", escreveu a cantora de 23 anos, ex-namorada do youtuber Whindersson Nunes e do músico Vitão. Nesta sexta-feira (19), em outro tuíte, ela afirmou, em referência a música "Pagu", de Rita Lee: "Sou mais macho que muito homem".

"Tratam a gente como idiotas", reclamou ela. "E podem deixar que eu vou enfiar nesse povo que se acha os donos do mundo o pop feminino no Brasil goela abaixo. Quer eles queiram ou não", continuou a cantora. A assessoria do festival foi procurada pelo GLOBO, mas ainda não se manifestou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários