Filme do herói da Marvel fez o nome de Boseman ficar conhecido mundialmente
Reprodução
Filme do herói da Marvel fez o nome de Boseman ficar conhecido mundialmente

Pouquíssimas pessoas sabiam do câncer que matou o ator Chadwick Boseman , astro do blockbuster “ Pantera Negra ”, no último dia 28 de agosto. Entre as que conheciam o segredo, certamente não estavam os executivos da Marvel e da Disney , que se veem, no momento, diante de um desafio ao mesmo tempo imenso e delicado: como lidar com a sequência de um filme que movimentou mais um bilhão de dólares em 2018 sem o seu principal astro?

Uma reportagem do site Hollywood Reporter  conta bastidores de como as empresas têm lidado com a perda repentina de Boseman. Os executivos da Marvel e da Disney souberam de sua condição por e-mail, apenas uma hora antes do anúncio de sua morte.

Segundo a reportagem, uma semana antes de sua morte, Boseman ainda acreditava que se recuperaria para participar do filme - o ator conviveu em silêncio com um câncer no cólon por quatro anos, período em que atuou em dez filmes, entre eles o longa da Marvel e as comentadas cinebiografias de Jackie Robinson e James Brown .

O vazio deixado pelo ator é concreto e inescapável. Sua morte impacta diretamente o universo Marvel, já que o Rei T’Challa, alter ego do Pantera Negra, tinha participações escritas para mais filmes interconectados, a exemplo do que já havia acontecido em “Capitão América: Guerra Civil”, “Vingadores: Guerra Infinita” e “Vingadores: Ultimato”. Na agenda de produção, as filmagens de “Pantera Negra 2” estavam previstas para março de 2021.

Até agora, porém, ninguém na Disney ou na Marvel se manifestou além do luto pela morte de Boseman. Isso não apaga a questão, que também foi abordada pela revista “Forbes” há uma semana. “Quando Robin Williams morreu, seis anos atrás, havia pouco a fazer a não ser lamentar e celebrar seus melhores trabalhos. Mas caras como Carrie Fisher, Paul Walker e, sim, Chadwick Boseman estão de fato ligados a uma franquia específica em andamento que provavelmente continuará após sua morte”, constatou o artigo.

Ao citar outras outras mortes repentinas - Carrie Fischer em “Star Wars”, Paul Walker em “Velozes e Furiosos” - o texto nos lembra como elas impactaram suas respectivas franquias. E que, de uma forma ou outra, elas seguiram em frente. A questão será como fazer isso em “Pantera Negra 2”, principalmente diante da comoção de milhões de fãs em todo o mundo traumatizados com a morte do ídolo. A Agência Reuters ouviu escritores, acadêmicos e ativistas sobre isso, e eles acreditam que Marvel e Disney deveriam “honrar o legado de Boseman” no enredo da sequência.

“Eles realmente deveriam considerar seguir o enredo das HQs e levar Letitia Wright (a atriz que interpreta Shuri, a irmã genial de T’Challa) ao papel central”, opinou o redator sênior da Rolling Stone Jamil Smith.

Para Scott Mendelson, autor do artigo da Forbes, o derradeiro papel de Boseman já está escrito. “O que quer que aconteça, Boseman terá seu lugar ao lado de James Dean e Bruce Lee. É cruelmente irônico que sua curta vida agora seja o tema dos grandes filmes biográficos.”

Neste domingo, o ator ganhou hoje um memorial de familiares e amigos em Malibu, na Califórnia.

    Veja Também

      Mostrar mais